Paranavaí
Min. 16°C Max. 24°C
CIÊNCIA/PESQUISA

Pesquisadores acham "alta tecnologia" em ferramentas primitivas

Gente acostumada às facilidades trazidas por tablets e aviões a jato provavelmente não daria nada pelas pequenas lâminas de pedra. Mas foi a criação delas, há 70 mil anos, que possibilitou montar os primeiros instrumentos leves compostos por muitas peças,

11/11/12 00:00:00 - Cotidiano > Ciência

Se a Idade da Pedra teve seu Vale do Silício, ele provavelmente ficava na caverna de Pinnacle Point, na atual África do Sul.
Foi lá que arqueólogos acharam os mais antigos exemplares da primeira tecnologia revolucionária inventada por seres humanos.
Gente acostumada às facilidades trazidas por tablets e aviões a jato provavelmente não daria nada pelas pequenas lâminas de pedra.
Mas foi a criação delas, há 70 mil anos, que possibilitou montar os primeiros instrumentos leves compostos por muitas peças, diz pesquisa na revista científica "Nature".
Se os autores do estudo estiverem corretos, as lâminas podiam ser usadas para fazer flechas ou dardos disparados por lançadores manuais - o equivalente paleolítico de armas de destruição em massa.
A conclusão é da equipe liderada por Curtis Marean, da Universidade do Estado do Arizona (EUA).
Para datar as lâminas, os cientistas mediram a presença de imperfeições nos grãos de areia que cercavam as lâminas. Depois que a areia fica abaixo do nível do solo, a radiação natural do planeta faz essas impurezas se acumularem. Basta "contá-las" para saber quanto tempo a areia e o artefato que ela envolvia ficaram enterrados.
Segundo os cientistas, o mais importante da descoberta é o que essa tecnologia diz a respeito das capacidades mentais de quem a usava.
A produção das lâminas exigia um longo processo de planejamento e execução. A coisa toda começava com a localização de "minas" nas quais a rocha adequada para os instrumentos estava. Também era preciso recolher lenha, porque só o "tratamento" da pedra com fogo permitia que ela fosse trabalhada nas dimensões corretas.
Depois, eram necessários vários passos para que a lâmina atingisse o formato ideal (um lado tinha gume e o outro era "cego"), mais o processo de colar a ponta de pedra num cabo ou haste.
Só gente previdente, hábil e capaz de usar linguagem complexa para transmitir informações conseguiria passar a tecnologia de geração em geração por milhares de anos, como parece ter acontecido em Pinnacle Point.
Isso significa que, no mínimo há 70 mil anos, os ancestrais do homem moderno tinham mentes essencialmente indistinguíveis das nossas.
O "timing" do primeiro aparecimento dessa tecnologia é significativo. Coincide com o momento em que os primeiros grupos de humanos modernos teriam deixado a África, diz Sally McBrearty, da Universidade de Connecticut, que comentou as descobertas na "Nature".
"Se eles estavam armados com arcos e flechas, seriam mais do que páreo para qualquer coisa que encontrassem", escreve McBrearty.
Os alvos dele seriam animais mas também tribos como os neandertais, que ocupavam a Europa e o Oriente Médio e acabaram extintos, não sem antes se miscigenar com os recém-chegados.

Cotidiano

CIÊNCIA

Tragédia no espaço

VIAGEM DE FÉRIAS

Revisão no veículo garante tranquilidade e segurança

CIÊNCIA/PESQUISA

Físico recria técnica de construção de pirâmide

CLIMA/MUNDIAL

Terra se aproxima de maiores temperaturas em 11 mil anos

GESTÃO AMBIENTAL

Inscrições para processo seletivo de tutores presenciais do Polo UAB

SEGURANÇA

PM intensificará patrulhamentos durante período de Carnaval

PROVA PARANÁ

Mais de 1,2 milhão de alunos farão a avaliação hoje

ANP

Preço do botijão de gás ficou estável em 2019, com variação de 0,13%

PARANÁ

Papiloscopistas têm ação destacada na solução de crimes

POLÍTICA

"Temos que fazer mais", diz Moro sobre combate à corrupção no país

BALANÇO 2019

Quase 96mil paranaenses conseguiram emprego pelas Agências do Trabalhador

FIQUE ATENTO

Opção pelo Simples exige que pagamento de imposto esteja em dia

AGRICULTURA

Associação de produtores irrigantes foi criada com abrangência estadual

JARDIM MORUMBI

Prefeitura retira mais de 20 caminhões de materiais que acumulam água

PARANÁ

Crea encontra 155 irregularidades na safra de verão da região Noroeste

VERÃO / CARNAVAL

SBP alerta para o risco do consumo de álcool por crianças e adolescentes

COPEL

Copel flagra 43 “gatos” por dia em todo Paraná

DIREITO DO CONSUMIDOR

Itens de uso coletivo não podem constar em listas de material escolar

INVESTIMENTO

Estado autoriza pagamento extra de R$ 20 milhões às escolas

OUVIDORIA

Ouvidoria Municipal fez quase 9 mil atendimentos em 2019

agência dream