Paranavaí
Min. 25°C Max. 37°C
PROFESSORES/GREVE

Funcionamento foi parcial na maioria das escolas

Levando em conta os oito estabelecimentos estaduais de ensino paranavaienses, apenas um não teve aula no período da manhã, diz o Núcleo

16/03/17 00:00:00 - Cotidiano > Educação
Funcionamento foi parcial na maioria das escolas Estabelecimentos de ensino tiveram funcionamento parcial em sua maioria - Foto: Fabiano Vaz Fracarolli

O funcionamento foi parcial na maioria dos estabelecimentos estaduais de ensino de Paranavaí no primeiro dia de greve dos professores no Paraná, conforme informações prestadas pela APP-Sindicato e também pelo Núcleo Regional de Educação. 
Levando em conta os oito estabelecimentos estaduais de ensino paranavaienses, apenas um não teve aula no período da manhã, diz o Núcleo. 
Já a APP aponta até duas escolas sem aulas na tarde de ontem. Em três deles o trabalho foi parcial e em um o funcionamento se deu normalmente, afirma o Núcleo Regional. 
A APP-Sindicato avalia que na média a paralisação ficou entre 80% e 90% nas escolas, com algumas exceções. Na Escola Flauzina Dias Viegas, por exemplo, a adesão ficou na casa dos 32%. 
REGIÃO - De acordo com o Núcleo, das 46 escolas da sua abrangência em 21 cidades, 15 funcionaram normalmente, outras 28 deram atendimento parcial, sendo que em 17 delas não havia alunos, apesar de parte dos servidores comparecer. 
Em outros 11 estabelecimentos, o funcionamento se deu de forma parcial, já que apenas uma parte dos servidores e de estudantes se fizeram presentes. Em três estabelecimentos não houve aulas pela manhã, portanto, sem funcionários e professores. 
Outra informação do Núcleo Regional é que a orientação estadual é anotar falta no caso de professor ou funcionário que não comparecer. Até a tarde de ontem a APP ainda não tinha conseguido apurar o índice de adesão nas cidades da sua base.
A APP-Sindicato fez um trabalho de divulgação pedindo que os pais não enviem seus filhos para as escolas por conta da greve, que segue por tempo indeterminado. Também os professores foram chamados a aderir ao protesto. 
Além da Reforma da Previdência, os professores do Paraná se mobilizam contra a redução da hora-atividade e sistema de distribuição de aulas que leva em consideração o número de faltas por licença médica no final do ano passado. 

Cotidiano

SENADO

Projeto estabelece critérios básicos para infraestrutura de escolas públicas

DESAFIO

Como escolher a melhor escola?

EDUCAÇÃO

Local de prova do Enem será divulgado a partir do dia 16

EDUCAÇÃO

MEC divulga resultados preliminares do Censo Escolar 2019

ENSINO

Rede estadual tem mais de 1,3 mil vagas para cursos técnicos

REDE ESTADUAL DE ENSINO

Líder do governo prioriza diálogo e busca acordo sobre carga horária de professores

INSCRIÇÃO GRATUITA

Exames da Educação de Jovens e Adultos serão em março e abril

PREVENÇÃO DA GRAVIDEZ

Ministro da Saúde defende educação sexual nas escolas

EDUCAÇÃO

Educação de Jovens e Adultos já conta com quase 100 mil alunos

GOVERNO/PR

Escola Conectada vai ampliar a rede de informática nas escolas

EDUCAÇÃO

Inscrições para o Fies terminam na quarta-feira

IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO

“Precisamos chamar a atenção dos nossos jovens”, afirma educadora

AULAS

Fique de olho no peso da mochila do seu filho

DESAFIOS

Novo Ensino Médio: O que mudou em um ano nas escolas brasileiras

ENSINO

Paraná lança aplicativo exclusivo para professores da rede estadual

ATENÇÃO DOS PAIS

5 dicas para começar as aulas com o pé direito

REDE ESTADUAL

Escolas estaduais se preparam para início das aulas

INSCRIÇÕES ATÉ SEXTA-FEIRA

ProUni oferta quase 243 mil bolsas em instituições de ensino particulares

EDUCAÇÃO

Formação continuada fortalece gestão democrática nas escolas estaduais

ENSINO SUPERIOR

Aleixo assume segunda gestão com foco na consolidação da Unespar

agência dream