Paranavaí
Min. 21°C Max. 37°C
EDUCAÇÃO

Brasil está no topo quando o assunto é violência contra professores

21/03/17 00:00:00 - Cotidiano > Educação
Brasil está no topo quando o assunto é violência contra professores Especialista fala sobre dados divulgados e o que pode ser feito para mudar esse quadro

CURITIBA - Segundo pesquisa divulgada pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), feita com mais de 100 mil professores e diretores de instituições de ensino do segundo ciclo do ensino fundamental e do ensino médio (alunos de 11 a 16 anos), o Brasil é o líder do ranking quando o assunto é violência nas escolas. 
No Brasil, 12,5% dos docentes afirmaram sofrer agressões verbais ou intimidações por parte dos alunos ao menos uma vez na semana. Tal índice é o mais alto entre os mais de 34 países pesquisados. 
Em um comparativo entre eles, a média mundial é de 3,4%. Em segundo lugar nesse ranking aparece a Estônia, com 11%, e em terceiro a Austrália, com 9,7%. Já em países como a Coreia do Sul, Malásia e Romênia, o índice é zero.
Para a psicopedagoga, especialista em educação especial e em gestão escolar, Ana Regina Caminha Braga, os dados são de suma relevância para que possamos refletir como está sendo acompanhada a violência contra o professor e quais medidas são tomadas para o profissional ter condições físicas e psicológicas de continuar sua atuação docente. 
“As causas dessa violência podem ser diversas. Vemos casos, por exemplo, que são desde alunos com possíveis distúrbios até a falta de valorização do professor e sua atuação frente a sala de aula, o que é mais comum no Brasil. Esse quadro pode ser amenizado ou até mesmo revertido se tivermos um intenso trabalho dos núcleos da educação em conjunto com a comunidade e, obviamente, com as famílias dos alunos”, explica. 
VALORIZAÇÃO - Outro estudo internacional sobre professores, ensino e aprendizagem (Talis), mostra ainda que apenas 12,6% dos professores brasileiros dizem ser valorizados pela sociedade, muito abaixo da média mundial que é de 31%. 
“O impacto está diretamente ligado a motivação do professor em elaborar aulas dinâmicas com estratégias adequadas para cada turma ou que atenda as especificidades dos alunos ou da maioria. O reconhecimento em qualquer área faz com que o profissional se sinta parte de um grupo e esteja inserido na instituição em que trabalha”, detalha Ana Regina.
Para completar, a especialista acredita que analisando esses dados da educação em todo o mundo, fica cada vez mais evidente que mudanças são necessárias no Brasil. 
“Temos que mudar a visão do brasileiro com relação ao professor, que precisa ser mais valorizado e respeitado dentro e fora da sala de aula. A falta de incentivo aos profissionais tem interferido diretamente na qualidade das escolas brasileiras, e é isso que precisamos rever com urgência. Afinal, um país de sucesso começa nas salas de aula”, finaliza. 

Cotidiano

SENADO

Projeto estabelece critérios básicos para infraestrutura de escolas públicas

DESAFIO

Como escolher a melhor escola?

EDUCAÇÃO

Local de prova do Enem será divulgado a partir do dia 16

EDUCAÇÃO

MEC divulga resultados preliminares do Censo Escolar 2019

ENSINO

Rede estadual tem mais de 1,3 mil vagas para cursos técnicos

REDE ESTADUAL DE ENSINO

Líder do governo prioriza diálogo e busca acordo sobre carga horária de professores

INSCRIÇÃO GRATUITA

Exames da Educação de Jovens e Adultos serão em março e abril

PREVENÇÃO DA GRAVIDEZ

Ministro da Saúde defende educação sexual nas escolas

EDUCAÇÃO

Educação de Jovens e Adultos já conta com quase 100 mil alunos

GOVERNO/PR

Escola Conectada vai ampliar a rede de informática nas escolas

EDUCAÇÃO

Inscrições para o Fies terminam na quarta-feira

IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO

“Precisamos chamar a atenção dos nossos jovens”, afirma educadora

AULAS

Fique de olho no peso da mochila do seu filho

DESAFIOS

Novo Ensino Médio: O que mudou em um ano nas escolas brasileiras

ENSINO

Paraná lança aplicativo exclusivo para professores da rede estadual

ATENÇÃO DOS PAIS

5 dicas para começar as aulas com o pé direito

REDE ESTADUAL

Escolas estaduais se preparam para início das aulas

INSCRIÇÕES ATÉ SEXTA-FEIRA

ProUni oferta quase 243 mil bolsas em instituições de ensino particulares

EDUCAÇÃO

Formação continuada fortalece gestão democrática nas escolas estaduais

ENSINO SUPERIOR

Aleixo assume segunda gestão com foco na consolidação da Unespar

agência dream