Paranavaí
Min. 16°C Max. 29°C
INVESTIMENTO

Estado vai retomar obras paralisadas em outras gestões

09/06/19 00:00:00 - Cotidiano > Estadual
Estado vai retomar obras paralisadas em outras gestões Governo anunciou que vai retomar obras paralisadas em outras gestões Foto: Maurilio Cheli/ANPr

O Governo do Paraná instituiu um grupo de trabalho para dar andamento às obras de grande porte que foram paralisadas em gestões anteriores. Formado por representantes de várias secretarias e órgãos do Estado e coordenado pela Casa Civil, o grupo será responsável por elaborar um plano de retomada e programar a conclusão das obras.
No levantamento feito pelo governo e entregue ao Tribunal de Contas do Estado no primeiro trimestre deste ano foram identificadas 43 obras paradas, todas com valores superiores a R$ 1,5 milhão. Destas, 30 são de responsabilidade única do Estado e 13 realizadas em parceria com municípios e União.
Entre elas se destacam o Corredor Aeroporto-Rodoferroviária e o corredor da Marechal Floriano Peixoto, em São José dos Pinhais, orçadas em mais de R$ 70 milhões, que deveriam ter sido concluídas na Copa do Mundo de 2014.
“A determinação do governador Carlos Massa Ratinho Junior é que todas sejam concluídas”, afirma o chefe da Casa Civil, Guto Silva. O custo global das 43 obras listadas é de R$ 281,2 milhões – 35,9% já foram desembolsados pelo Governo do Estado.
“Já temos 27 obras com previsão de retomada e agora o grupo que formamos vai se concentrar em avaliar a questão orçamentária e jurídica de cada uma e estabelecer um cronograma de trabalho para a conclusão”, acrescenta.
Outra missão será ampliar o relatório preliminar, que se concentrou apenas em obras acima de R$ 1,5 milhão. “O governo quer ter uma visão real de tudo que está parado, conhecer a situação de cada um desses projetos”, adianta o presidente do grupo de trabalho, João Augusto Branco Cobra, assessor especial da Casa Civil.
Segundo ele, o trabalho multidisciplinar do grupo vai permitir que profissionais e ferramentas das diversas secretarias e órgãos do Estado possam suprir a necessidade de outros, a fim de que as atividades essenciais para a continuidade das obras sejam realizadas de forma mais rápida e com menor custo.
Fazem parte do grupo de trabalho representantes da Casa Civil; Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec); Fundepar; Paraná Edificações; Paranacidade; Departamento de |Estradas de Rodagem (DER/PR); Secretaria da Infraestrutura e Logística; Secretaria da Justiça, Família e Trabalho; Secretaria da Segurança Pública, Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas e Secretaria da Fazenda. Copel e Sanepar, que também estão listadas no relatório inicial de obras paralisadas, farão seu planejamento de retomada individualizado.

Cotidiano

PARANÁ

Governo e empresa discutem logística reversa de embalagens longa-vida

PARANÁ

Empresas públicas apresentam ferramentas contra corrupção

PARANÁ

Seminário promove conscientização sobre violência contra pessoa idosa

DIREITOS HUMANOS

Paraná vai instalar comissão para combater trabalho escravo

ÉTICA

Governador propõe cláusula anticorrupção em todos os contratos

DESENVOLVIMENTO

Governo prepara bases para criar 500 mil empregos no Estado

TRABALHO

Fomento Paraná lança linha de crédito para caminhoneiros

ADMINISTRAÇÃO

Banco Mundial alerta para gastos com folha de pagamento no Paraná

PARANÁ

Campanha incentiva a doação de sangue no inverno

POLÍTICA

Acordo garante discussão da reforma da Previdência sem obstrução

CRUZEIRO DO OESTE

Grupo é flagrado após abater animal silvestre

SEGURANÇA

Denarc reforça combate ao narcotráfico

PARANÁ

Fiscalização recupera mais de R$ 1 milhão para o Estado

NEGÓCIOS

Pesquisa mostra otimismo do setor de hospedagem do Paraná

SISTEMA ELÉTRICO

Copel planeja construção de subestação de energia no Noroeste do Paraná

APRESENTAÇÃO

Governo conhece nova alternativa de combustível limpo

PARANÁ

Com mais divulgação, Disque Idoso já recebeu 590 denúncias em 2019

MÉTODO BIM

Governo inova para economizar e dar velocidade a obras no Paraná

PARANÁ

Polícia Federal apreende ambulância e caminhões com cigarros contrabandeados

ALEP

Proibição definitiva do "fracking" no Paraná é aprovada pelos deputados estaduais

agência dream