Paranavaí
Min. 23°C Max. 39°C
PARANÁ

Novos servidores reforçarão ações anticorrupção no Governo

20/09/19 00:00:00 - Cotidiano > Estadual

O trabalho da Controladoria-Geral do Estado (CGE), responsável por zelar pelo serviço público íntegro e ético, terá mais servidores em suas coordenadorias. Nesta semana, dez já começaram a capacitação para desempenhar atividades de investigação administrativa, auditoria, acompanhamento de denúncias e de reclamações e implantação do programa de compliance, entre outras atividades de combate à corrupção.
Os recém-nomeados fazem parte dos 100 servidores aprovados em concurso de 2017 e empossados quarta-feira (18) pelo vice-governador Darci Piana. Eles puderam escolher o local de trabalho, conforme a classificação obtida, e os que optaram pela CGE começaram, já segunda-feira (16), a capacitação para se integrarem ao novo trabalho.
“Alguns deles irão para a área de auditoria, uma ferramenta nova na CGE que seguirá o modelo internacional da IA-CM. Assim a CGE assume ação protagonista, ativa e de suporte ao servidor”, explicou o controlador-geral do Estado, Raul Siqueira. Ele se referiu ao Modelo de Avaliação da Capacidade de Auditoria Interna (Internal Audit Capability Model for the Public Sector) IA-CM, idealizado pelo Institute of Internal Auditors (Global) – IIA.
As equipes da CGE irão a campo para auditorias e conferência de cumprimento de contratos ou convênios, entre outros trabalhos. “Pretendemos alcançar, com ações da Controladoria, todo o Paraná e, assim fechar o cerco a quem negligencia a ética no serviço público para obter vantagens pessoais”, ressaltou Siqueira.
O controlador-geral reforçou que o interesse maior, conforme orientação desta administração estadual, é que a população volte a confiar no Estado, mas para isso os servidores têm que estar comprometidos com esse objetivo. “O governador, os secretários de estado, gestores e os servidores terão a segurança que suas ações estarão dentro dos perfis de integridade ética e combate à corrupção”, completou o controlador-geral.
REESTRUTURAÇÃO – As áreas que receberam novos servidores estão sendo reestruturadas pela CGE para ampliar suas atuações. Uma delas é a Coordenadoria de Controle Interno, que receberá boa parte dos novos integrantes. Sua finalidade é planejar, coordenar, controlar e avaliar as atividades do Sistema de Controle Interno do Governo do Estado.
Para que o trabalho seja efetivo e eficiente, cada órgão estadual tem um agente de Controle Interno, outro de Transparência e mais um de Compliance. Os três formam o Núcleo de Integridade e Compliance (NIC), coordenado pelas respectivas coordenadorias da CGE. Luci de Andrade Netska, coordenadora de Controle Interno, reforçou que a independência é um dos princípios do setor, responsável por conferir a conformidade com normas e com planejamento.
“Hoje, boa parte dos servidores que integram os NIC está vinculada aos próprios órgãos. Com esse aporte de pessoal, há a possibilidade de destacarmos alguém da CGE para esses núcleos, garantindo mais independência de atuação”, afirmou Luci.
EXPECTATIVAS – Jackson Vinicius Seixas, um dos novos contratados, queria trabalhar em um órgão com as características da CGE. “Tenho a convicção que o serviço público só pode ser melhor com ética e responsabilidade. Para mim, foi muito simples escolher. Vou trabalhar em prol da sociedade”, declarou.
A natureza do serviço desenvolvido pela CGE também atraiu Sérgio Utiyama. “Quero fazer meu melhor como parte desta equipe e mostrar com orgulho para minha família e para a sociedade que a CGE é um órgão sério e que busca trabalhar para a sociedade”, comentou Sérgio.
Mauro do Nascimento Neto veio de São Paulo e estudava para a Controladoria Geral da União (CGU). “Foi uma alegria ter a possibilidade de trabalhar na CGE. Desenvolver um bom trabalho no serviço público sempre foi o que quis fazer. A CGE é um setor muito promissor”, resumiu Mauro.
A Controladoria-Geral do Estado atraiu Marlon Stafin por conta dos desafios que surgirão com a nova estrutura e ampliação da atuação. “É um órgão que está diretamente relacionado com o bem-estar da população e oferece bastante desafio e possibilidade de crescimento profissional”, afirmou Marlon.

agência dream