Paranavaí
Min. 22°C Max. 36°C
PESQUISA

UEM é a primeira no Brasil e segunda no mundo com mais cientistas mulheres

09/01/20 08:27:29 - Cotidiano > Geral
UEM é a primeira no Brasil e segunda  no mundo com mais cientistas mulheres O levantamento foi feito pelo Centro de Estudos da Ciência e Tecnologia da Universidade de Leiden, na Holanda

A Universidade Estadual de Maringá (UEM) é a que tem mais cientistas mulheres no Brasil e a segunda do mundo, de acordo com o Leiden Ranking. O levantamento foi feito pelo Centro de Estudos da Ciência e Tecnologia da Universidade de Leiden, na Holanda. O ranking leva em consideração artigos catalogados pela Web of Science, banco de dados que reúne pesquisas científicas do mundo todo.
A UEM se destacou na produção de artigos feitos por mulheres em áreas como Física e Engenharia, fato que posicionou a universidade entre as mais produtivas do País em pesquisas na área.
Segundo dados divulgados pela Organização de Estados Ibero-americanos (OIE), o Brasil é o país íbero-americano com maior porcentagem de artigos científicos assinados por mulheres como autoras principais ou como co-autoras. Entre 2014 e 2017 o País publicou 53 mil artigos, 72% deles produzidos por mulheres.
Segundo o superintendente de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Aldo Nelson Bona, as pesquisadoras são o motor de funcionamento das instituições. “Temos muitas pesquisadoras nas universidades estaduais e isso contribui para que as instituições se destaquem em avaliações e premiações nacionais e internacionais. O resultado é decorrente do apoio do Governo do Estado e do excelente trabalho desenvolvido pelos programas de mestrado e doutorado das universidades”.
A produção acadêmica nas universidades estaduais tem crescido e é fruto do investimento em ensino, pesquisas científicas e das atividades desenvolvidas junto às comunidades. “A formação que oferecemos aos nossos alunos integra ensino, pesquisa e extensão em todas as áreas do conhecimento. Isso faz com que a universidade se fortaleça e melhore seu desempenho em diferentes rankings e classificações”, destacou o reitor da UEM, Júlio César Damasceno.
A professora do Departamento de Informática da UEM Linnyer Beatrys Ruiz Aylon acredita que há muito a ser comemorado. Ela destaca que as mulheres cientistas têm uma rotina invisível, dividindo o tempo entre os experimentos, as aulas, os cuidados com a família e outros tantos papéis sociais.
Linnyer concorda que fazer ciência é sempre um pouco mais complicado para as mulheres. “Por tudo isso, considero o ranking espetacular. Ele reflete bem os esforços que temos feito para nos destacarmos na ciência”.
Linnyer recebeu, em 2013, o prêmio IEEE Women in Engineering, entregue pelo Institute of Eletrical and Eletronics Engineers. A premiação foi um reconhecimento por sua contribuição na área de sistemas de computação, que está inserida na intersecção da ciência da computação e da microeletrônica e pela representação das mulheres na ciência.
BALANÇO - As sete universidades estaduais do Paraná fecham 2019 posicionadas entre as principais instituições de ensino superior em todas as avaliações educacionais nacionais e internacionais.
A mais recente, o Índice Geral de Cursos (IGC), do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), instituição vinculada ao Ministério da Educação, aponta as universidades estaduais de Londrina (UEL), de Maringá (UEM), de Ponta Grossa (UEPG), do Centro-Oeste (Unicentro), do Oeste do Paraná (Unioeste) e do Norte do Paraná (Uenp) entre as melhores do Brasil.
As universidades também ganharam destaque no Emerging Economies University, Latin America University Rankings 2019, World University Rankings 2019 e no Regional Rankings Latin America 2020, todos organizados pela revista inglesa Times Higher Education.

Cotidiano

CICA

Municípios do Noroeste iniciam plano de gestão de resíduos sólidos

SAÚDE

Cirurgia de catarata lidera lista de espera do SUS

PASSE LIVRE

Cadastro e atualização do Passe Livre do Estudante começam no dia 21

TERRA RICA

Com investimentos de R$ 5 milhões, hospital de Terra Rica passa a ter maior resolutividade

SEGURANÇA

Projeto prevê câmeras de monitoramento em cidades com mais de 30 mil habitantes

CIDADANIA

Projeto garante gratuidade de documentos obrigatórios

JUSTIÇA

Toffoli derruba a própria liminar e reduz valor do Dpvat

PESQUISA

Mulheres são mais conscientes no trânsito

PRIMAVERA

Estação motiva prática de exercícios, mas pede cuidados

PESQUISA

A cada 4 horas e meia, uma pessoa morre vítima de acidente de trabalho

LEVANTAMENTO

Número de mulheres que pilotam aeronaves no Brasil cresceu 106% em 2 anos

MERCADO DE TRABALHO

O que uma mulher de sucesso deve buscar?

PUBLICIDADE

Divulgação de material produzido por órgão público pode seguir a Lei 8.666/93

EVENTO GRATUITO

Nesta sexta-feira, Sesi/Senai terá palestra sobre o Programa 8S

REGIÃO NOROESTE

Com problemas de telefonia, Samu divulga números alternativos para contato

ESTRADAS

PRF restringe trânsito de veículos de carga em feriados

VIOLÊNCIA

Porta-voz da PM do Rio diz que policiais vivem “contexto caótico e grave”

CONSUMO

Produção de alimentos e até de celular pode reduzir reservas de água, alerta ONG

VEJA DICAS

Socorro! Eu não sei dizer “não”!

DICAS

Aprenda a usar as críticas a seu favor

agência dream