Paranavaí
Min. 25°C Max. 37°C
COLETIVA

Novo procurador-geral da Venezuela diz que buscará “restabelecer a paz cidadã”

08/08/17 00:00:00 - Cotidiano > Internacional

O novo procurador-geral da Venezuela, Tarek Saab, disse ontem que buscará “restabelecer a paz cidadã” e que promoverá a justiça com equidade, ao mesmo tempo em que apontou que sua antecessora no cargo, Luisa Ortega Díaz, foi “cúmplice” da violência no país. A informação é da EFE.
“Assumimos esta nova função com o maior grau de responsabilidade na busca do equilíbrio (...) para promover a justiça com equidade, os direitos humanos e fazer um grande esforço; contribuir com um grão de areia para restabelecer a paz cidadã”, declarou Saab em uma coletiva de imprensa no Ministério Público (MP).
Saab indicou que “a função do MP nesta nova etapa será “melhorar” e “avançar”, bem como recuperar a “credibilidade da instituição”, que, em seu julgamento, se perdeu nos “últimos tempos”.
Nesse sentido, o novo procurador-geral destacou que sua antecessora foi “cúmplice” da violência no país durante os últimos quatro meses, quando se desenvolveu uma onda de protestos contra o governo do presidente Nicolás Maduro.
“Estou convencido de que essa atitude que teve a senhora ex-procuradora atentou contra a paz da República. Desde [que ela fez] a primeira declaração em 31 de março desse ano (quando declarou a ruptura da ordem constitucional) até a mais recente que deu antes de converter-se em ex-procuradora geral”, afirmou.
Segundo Saab, cada declaração de Luisa Ortega durante esse tempo causou “um grave dano à institucionalidade democrática” do país e “colocou em perigo a paz cidadã. Quando o país buscava um ponto de acordo aparecia a senhora ex-procuradora para praticamente tingir o país de sangue, de gasolina”, lamentou.
A Venezuela vive desde abril uma série de manifestações a favor e contra o governo, que já deixaram 121 mortos, situação que se aguçou desde a instalação da Assembleia Constituinte na sexta-feira passada, que não é reconhecida pela oposição e por vários governos e organismos internacionais.

Cotidiano

DIREITOS HUMANOS

Papa pede respeito a indígenas em abertura de Sínodo da Amazônia

INTERNACIONAL

América Latina e Caribe exportarão 25% dos itens agrícolas em 10 anos

INTERNACIONAL

Canonização de Irmã Dulce será em 13 de outubro

INTERNACIONAL

Mercosul e União Europeia fecham acordo de livre comércio

INTERNACIONAL

OMS alerta para epidemia de DSTs na era dos aplicativos de encontros

VIAGEM/PRESIDENTE

“Todas as opções estão na mesa”, diz Trump sobre Venezuela

TRÊS ESTATUETAS

Green Book é eleito o melhor filme e vence o Oscar

INTERNACIONAL

Battisti ficará sozinho em cela de alta segurança por seis meses

SONDA INSIGHT

Marte acaba de receber seu mais novo "morador robótico", comemora Nasa

ENCONTRADO UM ANO DEPOIS

Marinha argentina diz que submarino sofreu implosão

SOCIEDADE INDIANA

Adultério deixa de ser crime na Índia

ACIDENTE

Busca por submarino argentino detecta sinal importante no fundo do mar

CRATERAS LUNARES

Nasa informa que a Lua tem dois depósitos de gelo

ECONOMIA

Disputa comercial entre China e EUA pode beneficiar soja brasileira

NÚMEROS

Economia mundial dá sinais favoráveis de crescimento, diz FMI

ATAQUE

Ofensiva foi uma reação aos ataques a civis, diz Pentágono

FRANCISCO

Papa pede ajuda para pobres e critica os que “gastam alegremente”

CRISE

Primeira-ministra diz que Reino Unido não tolerará ameaças russas a cidadãos britânicos

STEPHEN HAWKING

Morre o cientista mais popular do mundo

RELIGIÃO

Santo Sepulcro é reaberto aos peregrinos após três dias de fechamento

agência dream