Paranavaí
Min. 20°C Max. 36°C
RELIGIÃO

Santo Sepulcro é reaberto aos peregrinos após três dias de fechamento

01/03/18 00:00:00 - Cotidiano > Internacional
Santo Sepulcro é reaberto aos peregrinos após três dias de fechamento Santo Sepulcro é reaberto - Foto: Agência EFE

Os dois guardiães muçulmanos da chave da Basílica do Santo Sepulcro de Jerusalém abriram, na madrugada de ontem, as portas do lugar mais sagrado do cristianismo, depois de três incomuns dias de fechamento em protesto pela política fiscal e legislativa de Israel.
“Israel recuou. Estamos muito contentes. Esperamos que tudo dê certo e os peregrinos voltem a visitar a igreja novamente”, declarou Wayid Nuseibeh à Agência EFE, pouco depois que tocassem os sinos, às 4h (hora local).
Ontem, as três igrejas de custódia (católica, greco-ortodoxa e armênia) anunciaram a reabertura, depois que o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, e o prefeito do Jerusalém, Nir Barkat, acertaram o cancelamento das medidas fiscais que geraram a rejeição das comunidades cristãs.
As autoridades israelenses decidiram estabelecer uma equipe profissional, com a participação de todas as partes relevantes, em busca de uma solução para o assunto dos impostos municipais sobre propriedades da Igreja que não sejam centros de culto.
O fechamento, que começou no último domingo, ocorreu depois que a Município ordenou o congelamento das contas bancárias das igrejas, devido à falta de pagamento do Imposto sobre Bens Imóveis (IBI), do qual estavam historicamente isentas.
Essa medida foi suspensa, além da revisão de uma lei proposta no Parlamento israelense (Knesset), que deveria ter sido debatida no domingo e permitiria a expropriação retroativa de terras vendidas ou arrendadas a longo prazo pelas igrejas a empresas ou indivíduos.
As igrejas qualificaram as medidas de “ataque sistemático e sem precedentes” que “parece uma tentativa de enfraquecer a presença cristã em Jerusalém”.
Em 1990, as comunidades cristãs tomaram decisão semelhante e fecharam a basílica durante dois dias, por meio da captura de um edifício na Cidade Velha de Jerusalém, em território ocupado palestino, por parte de alguns colonos israelenses, lembrou à EFE o segundo guardião da chave, Adeeb Jawad.

Cotidiano

DIREITOS HUMANOS

Papa pede respeito a indígenas em abertura de Sínodo da Amazônia

INTERNACIONAL

América Latina e Caribe exportarão 25% dos itens agrícolas em 10 anos

INTERNACIONAL

Canonização de Irmã Dulce será em 13 de outubro

INTERNACIONAL

Mercosul e União Europeia fecham acordo de livre comércio

INTERNACIONAL

OMS alerta para epidemia de DSTs na era dos aplicativos de encontros

VIAGEM/PRESIDENTE

“Todas as opções estão na mesa”, diz Trump sobre Venezuela

TRÊS ESTATUETAS

Green Book é eleito o melhor filme e vence o Oscar

INTERNACIONAL

Battisti ficará sozinho em cela de alta segurança por seis meses

SONDA INSIGHT

Marte acaba de receber seu mais novo "morador robótico", comemora Nasa

ENCONTRADO UM ANO DEPOIS

Marinha argentina diz que submarino sofreu implosão

SOCIEDADE INDIANA

Adultério deixa de ser crime na Índia

ACIDENTE

Busca por submarino argentino detecta sinal importante no fundo do mar

CRATERAS LUNARES

Nasa informa que a Lua tem dois depósitos de gelo

ECONOMIA

Disputa comercial entre China e EUA pode beneficiar soja brasileira

NÚMEROS

Economia mundial dá sinais favoráveis de crescimento, diz FMI

ATAQUE

Ofensiva foi uma reação aos ataques a civis, diz Pentágono

FRANCISCO

Papa pede ajuda para pobres e critica os que “gastam alegremente”

CRISE

Primeira-ministra diz que Reino Unido não tolerará ameaças russas a cidadãos britânicos

STEPHEN HAWKING

Morre o cientista mais popular do mundo

CRISE

Donald Trump: “Se sanções não funcionarem, iremos para a fase 2”

agência dream