Paranavaí
Min. 21°C Max. 28°C
TCE-PR

Licitações não podem ter datas distintas para entrega de propostas, habilitação e disputa

15/03/19 00:00:00 - Cotidiano > Nacional

CURITIBA - A publicação de editais de licitação que prevejam datas diferentes para a apresentação de propostas e documentos para habilitação dos interessados e a sessão pública de disputa do certame é proibida, no entendimento do Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR). 
A prática pode ocasionar a emissão de Apontamento Preliminar de Acompanhamento (APA) ou ainda a instauração de Comunicação de Irregularidade, com a apuração de responsáveis e a aplicação de sanções.
No Acórdão nº 1487/18 - Tribunal Pleno, o TCE-PR, após ser provocado por Representação da Lei nº 8.666/1993 (Lei de Licitações e Contratos), determinou que o Município de Paranacity, no Norte do Estado, se abstivesse de estipular, em suas licitações, data anterior à da sessão pública para a entrega dos envelopes, seguindo o determinado pela Lei nº 10.520/2002. A prefeita Suely Terezinha Wanderbrook (gestão 2017-2020) ainda foi multada pela irregularidade.
ORIENTAÇÃO - De acordo com o analista de controle Vitor Hugo de Souza Camargo, servidor da Coordenadoria de Acompanhamento de Atos de Gestão (CAGE) do TCE-PR, a prática prejudica o bom funcionamento do processo licitatório, ao criar condições favoráveis à formação de conluio e ferir a igualdade entre os concorrentes.
Ainda segundo ele, a reunião dos interessados em data anterior à da efetiva disputa permite que cada concorrente tenha o conhecimento prévio do universo de participantes da licitação. Isso facilita a combinação de ajustes entre os competidores, induzindo à ocorrência de fraudes.
Por outro lado, a previsão irregular também favorece os licitantes locais e regionais em detrimento de empresas sediadas em locais mais distantes, já que estas se veem obrigadas a custear, por um período mais extenso, a estadia de seus representantes no município onde está localizado o órgão público. Além de criar obstáculo indevido, o que contraria a legislação, tal conduta pode acabar resultando no aumento do valor das propostas ofertadas pelos licitantes, algo que resultaria em desvantagem à administração pública.
RESPONSABILIDADE - Alguns municípios já notificados a respeito do assunto pelo TCE-PR alegaram que, quando o prazo-limite para a entrega dos envelopes coincide com o ato de abertura da sessão, frequentemente seria verificada, pelo pregoeiro ou pela comissão de licitação, a reunião dos concorrentes logo antes de entrarem no local marcado para a disputa, dialogando e potencialmente fazendo ajustes fraudulentos entre si.
Conforme Camargo, o argumento não procede, pois a decisão de fixar datas distintas não contribui para que sejam minimizados os riscos de conluio. Para o analista, a solução para o problema consiste na identificação e apuração de tentativas de conluio detectadas pelos organizadores do procedimento licitatório.
“Se os responsáveis pela condução dos certames constatarem uma situação desse tipo, têm plenas garantias legais para, consignando o comportamento em ata, desclassificar os envolvidos e adotar as medidas e encaminhamentos cabíveis”, afirma o analista de controle do TCE-PR.

Cotidiano

PREVIDÊNCIA

Economia com mudanças para militares será de R$ 10,45 bilhões

ENERGIA

Aneel diz que pagamento de empréstimos reduzirá tarifa

POLÍTICA

Moro pede ao Congresso que se debruce em pacote anticrime

CARNE

EUA vão informar em três dias quando virão inspecionar frigoríficos para liberar importação

CEPEA

PIB do agronegócio fecha 2018 com estabilidade

NO SENADO

Reforma da Previdência é o fim da seguridade, dizem debatedores na CDH

MINISTRO DO SUPREMO

"Pode espernear à vontade", diz Moraes sobre críticas a inquérito

TRAGÉDIA

Treze de 16 docentes relataram casos de agressão na escola de Suzano

REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Debate: Proposta da reforma é injusta com os trabalhadores e cobrará um "alto preço"

APONTA INDICADOR

Número de dívidas cai, mas avança nos setores bancário e de água e luz

CÂMARA/DEPUTADOS

Sancionada lei que proíbe casamento antes dos 16 anos de idade

“DIA MUNDIAL DO SONO”

Consequências negativas de noites mal dormidas

DERROTA DA LAVA JATO

STF decide que Justiça Eleitoral pode julgar corrupção da Lava Jato

TRAGÉDIA

Polícia apura participação de terceira pessoa no atentado em Suzano

STF

Toffoli abre inquérito para investigar fake news e ameaças à Corte

AGRICULTURA

Fiscalização apreende sementes de milho híbrido no Oeste do Paraná

PIS/PASEP

Nascidos em maio e junho recebem Abono Salarial 2017 a partir desta quinta

MORTES

Senadores lamentam tragédia em Suzano

TRAGÉDIA

Atirador não tinha histórico de problema na escola, diz secretário

PIS/PASEP

Nascidos em maio e junho recebem Abono Salarial 2017 a partir de amanhã

agência dream