Paranavaí
Min. 22°C Max. 31°C
“DIA MUNDIAL DO SONO”

Consequências negativas de noites mal dormidas

15/03/19 00:00:00 - Cotidiano > Nacional

SÃO PAULO - O Dia Mundial do Sono é celebrado internacionalmente como forma de conscientizar a população sobre a importância em se ter uma noite de sono ininterrupta e de qualidade, bem como as consequências nocivas para aqueles que sofrem de privação do sono a longo prazo. 
Neste ano, o slogan da Campanha é “Sono Saudável, Envelhecimento Saudável”, já que o sono sadio é um dos principais pilares para a manutenção da boa saúde e, quando ele é ruim, a qualidade de vida fica prejudicada.
De acordo com a Sociedade Mundial do Sono, cerca de 45% da população mundial registra algum problema para dormir. “As pessoas precisam saber que existem diversos tipos de distúrbios do sono, mas o principal é que podemos atuar na prevenção, no diagnóstico e no tratamento, basta que os portadores destes distúrbios procurem por ajuda especializada”, alerta o Coordenador do Departamento de Medicina do Sono da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial, Fabio Lorenzetti.
Segundo o especialista, a privação de sono, quando ocorre de maneira rotineira, pode causar fadiga, diminuição dos reflexos, sonolência diurna, queda da imunidade, dificuldade de concentração, problemas de memória e ganho de peso. 
“A longo prazo, este sono insuficiente pode ocasionar graves distúrbios mentais, dificuldade em formar frases e perda do foco de atenção. Outros possíveis efeitos de noites mal dormidas são: problemas crônicos de pele; apetite aumentado, principalmente para refeições calóricas; menor propensão a convívio social; atraso nos horários de atividades; entre outros”, revela.
De acordo com Lorenzetti, algumas medidas simples são indicadas para minimizar o risco de o indivíduo sofrer com problemas relacionados ao sono. 
“Estabeleça uma rotina de horários regulares, para dormir e acordar; pratique atividades físicas, preferencialmente pela manhã; evite ingerir bebidas que contenham cafeína no período da noite; mantenha o ambiente em silêncio, confortável e com baixa luminosidade; evite o consumo de álcool e o tabagismo; controle seu peso e tenha uma dieta balanceada. Se, mesmo assim, não conseguir atingir boas noites de sono, o mais indicado é procurar um especialista para avaliação detalhada, diagnóstico e tratamento adequados”, afirma o Coordenador do Departamento de Medicina do Sono da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial.
Por fim, o especialista ressalta ainda que o sono ruim pode acelerar o envelhecimento do indivíduo. “Pelo menos um terço da população pode apresentar distúrbios respiratórios noturnos, como ronco e apneia do sono, que podem acarretar outros problemas de saúde e o otorrinolaringologista é um dos especialistas aptos a tratar desses distúrbios”, finaliza.

Cotidiano

NO SENADO

Reforma da Previdência é o fim da seguridade, dizem debatedores na CDH

MINISTRO DO SUPREMO

"Pode espernear à vontade", diz Moraes sobre críticas a inquérito

TRAGÉDIA

Treze de 16 docentes relataram casos de agressão na escola de Suzano

REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Debate: Proposta da reforma é injusta com os trabalhadores e cobrará um "alto preço"

APONTA INDICADOR

Número de dívidas cai, mas avança nos setores bancário e de água e luz

CÂMARA/DEPUTADOS

Sancionada lei que proíbe casamento antes dos 16 anos de idade

TCE-PR

Licitações não podem ter datas distintas para entrega de propostas, habilitação e disputa

DERROTA DA LAVA JATO

STF decide que Justiça Eleitoral pode julgar corrupção da Lava Jato

TRAGÉDIA

Polícia apura participação de terceira pessoa no atentado em Suzano

STF

Toffoli abre inquérito para investigar fake news e ameaças à Corte

AGRICULTURA

Fiscalização apreende sementes de milho híbrido no Oeste do Paraná

PIS/PASEP

Nascidos em maio e junho recebem Abono Salarial 2017 a partir desta quinta

MORTES

Senadores lamentam tragédia em Suzano

TRAGÉDIA

Atirador não tinha histórico de problema na escola, diz secretário

PIS/PASEP

Nascidos em maio e junho recebem Abono Salarial 2017 a partir de amanhã

PREVIDÊNCIA

Bolsonaro defende negociações diferentes das do passado

SEGURANÇA/JUSTIÇA

Moro espera que prisão de ex-PMs ajude a esclarecer morte de Marielle

ALERTA

Saúde orienta como evitar a proliferação de escorpiões

MUDANÇAS

Caixa Econômica aumenta valor de imóveis financiados pelo Minha Casa Minha Vida

PRESIDENTE

Espero que reforma não seja "desidratada", diz Bolsonaro

agência dream