Paranavaí
Min. 13°C Max. 26°C
SOLIDARIEDADE

Dezesseis a cada mil brasileiros doam sangue

15/06/19 00:00:00 - Cotidiano > Nacional

Newton Palma 
Da Agência Saúde

Hoje, 16 a cada mil habitantes são doadores de sangue, no país. O percentual corresponde a 1,6% da população brasileira e está dentro dos parâmetros preconizados pela Organização Mundial da Saúde, que recomenda que 1% a 3% da população de cada país seja doadora. Do total de doadores de sangue em 2017, 62% são do sexo masculino e 38% são do sexo feminino. Nos últimos anos, as taxas de doação de sangue apresentam-se estáveis, no Brasil. O Ministério da Saúde avalia que essa estabilidade indica um processo de conscientização da população, mas, reforça que é necessário promover e fortalecer as ações que estimulam a doação voluntária para manutenção dos estoques de sangue.
Nesta sexta (14), Dia Mundial do Doador de Sangue, o ministro da Saúde interino, João Gabbardo, participou de ação voluntária de incentivo à doação de sangue, promovida pelo Banco do Brasil em parceria com o Ministério da Saúde e a Fundação Pró-Sangue, o Hemocentro de São Paulo (SP). A ação no Posto Clínicas da Pró-Sangue foi protagonizada pelos Embaixadores do Esporte do Banco do Brasil, Virna e Maurício, que durante a semana foram convidados, por meio das redes sociais, pela também Embaixadora do Esporte, Fofão, para realizarem ato voluntário e assim estimular a doação de sangue no país.
Referência em doação de sangue na América Latina, Caribe e África, a experiência brasileira é utilizada em cooperações para fortalecimento da captação de doação voluntária de sangue em mais de dez países, como é o caso de Honduras, El Salvador e República.
O procedimento de doação é muito seguro para o doador. Além da sorologia, 100% do sangue coletado na rede pública de saúde também passa pelo Teste NAT, que reduz a chamada janela imunológica para HIV, Hepatite C e B, tempo em que o vírus já está presente no doador e ainda não é possível sua detecção. “Durante a entrevista que antecede a doação de sangue, que é sigilosa, é avaliado o estado de saúde do doador, visando à proteção de sua saúde e da saúde do receptor e, ainda, são utilizados produtos descartáveis no processo de doação”, explicou o coordenador-geral de Sangue e Hemoderivados, do Ministério da Saúde, Flávio Vormittag.

Cotidiano

EM DEZ ANOS

Paraná deverá liderar produção de carnes, prevê especialista

POLÍTICA

Gustavo Montezano toma posse na presidência do BNDES

POLÍTICA

Governo vai instalar mil radares em rodovias federais, diz ministro

EDUCAÇÃO

Combate ao abandono escolar apresenta resultados positivos

COMPORTAMENTO

Menos da metade dos estudantes aprende sobre segurança na internet

LIDERANÇAS FEMININAS

Procuradoria da Mulher da Alep é apresentada em reunião estadual

CONTRIBUINTE

Receita começou a pagar a restituições do 2º lote do Imposto de Renda

EDUCAÇÃO

Aberta as inscrições do Encceja para pessoas privadas de liberdade

ECA 29 ANOS

Ainda há desafios na implementação

SAÚDE

Cartilha orienta pais sobre transporte correto de crianças em veículos

AGRONEGÓCIO

CEPEA aponta recuperação da produção de fécula e alerta que pode faltar mandioca

ECONOMIA

Governo revisa para 0,8% crescimento da economia em 2019

HABITAÇÃO

Saiba como agir em caso de dificuldade de pagamento de imóvel financiado

SAÚDE

189 municípios recebem profissionais do Programa Mais Médicos

POLÍTICA

Comissão do Senado aprova meia-entrada para doadores de sangue

PREVIDÊNCIA

Para Rubens Bueno, Parlamento dá resposta aos desafios do Brasil

BRASIL

Safra de grãos 2018/2019 deve atingir recorde com 240,7 milhões de toneladas

LUTO NO JORNALISMO

Amigos e admiradores se despedem de Paulo Henrique Amorim

DIREITOS HUMANOS

Cruz Vermelha lança campanha sobre pessoas desaparecidas

PECUÁRIA

Técnicas de manejo nutricional podem auxiliar na imunidade do gado no inverno

agência dream