Paranavaí
Min. 21°C Max. 37°C
REUNIÃO

Reformas econômicas devem melhorar a situação dos Estados

09/10/19 00:00:00 - Cotidiano > Nacional
Reformas econômicas devem melhorar a situação dos Estados Fórum dos Governadores debateu os temas ontem

O governador Carlos Massa Ratinho Junior defendeu nesta terça-feira (8) a necessidade de revisão do pacto federativo para que Estados e municípios tenham acesso a mais recursos para cumprir seus compromissos. Segundo ele, há vários temas que devem receber atenção para que haja melhoria da situação fiscal dos governos locais.
Ratinho Junior participou do VII Fórum dos Governadores, em Brasília, que tratou de pautas como o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), a reforma tributária, leilão do pré-sal, securitização de dívidas estaduais, o Plano de Equilíbrio Fiscal e o fundo nacional de segurança pública.
O Paraná tem uma situação fiscal equilibrada, ressaltou Ratinho Junior, mas todos os Estados precisam de recursos para desenvolver programas e fazer frente às despesas obrigatórias crescentes. Ele também citou que os entes federados precisam retomar a capacidade de investimento, o que ajudará o País a mudar o panorama da economia.
“Nós temos que pensar o Brasil como um todo. A reforma da Previdência foi um primeiro passo, mas ela ainda precisa contemplar Estados e municípios”, afirmou o governador. Ele relatou que sem a inclusão dos Estados na reforma o Paraná terá um gasto extra de R$ 1 bilhão no ano que vem em despesas previdenciárias.
Ratinho Junior reforçou a importância do País encontrar um consenso sobre a reforma tributária. Hoje, a expectativa é pela formalização de uma proposta do governo federal, enquanto já se debatem projetos elaborados no Senado e na Câmara Federal. Os dois seguem a mesma linha de simplificação de tributos.
O Comitê dos Secretários de Fazenda dos Estados e do Distrito Federal (Comsefaz) propõe que a parcela da arrecadação que caberia ao governo federal no bolo de arrecadação passaria de 55% para 49% progressivamente ao longo de oito anos. Ao mesmo tempo, fatia dos estados subiria de 27% para 30%, e, dos municípios, de 19% para 21%.
FUNDEB – Os governadores que participaram do fórum elaboraram uma carta defendendo a continuidade do Fundeb e o aumento da participação da União. A Câmara discute uma proposta que aumenta a fatia federal de 10% para 40% em dez anos. O governo federal pretende subir a participação para 15%.
Somente este ano, R$ 156,3 bilhões foram aplicados na educação básica no País – sendo 90% aportados pelos Estados, pelo Distrito Federal e por municípios. Ratinho Junior destacou que o Paraná contribuiu com R$ 3,9 bilhões neste ano para a formação do fundo e que, em contrapartida, recebeu R$ 3 bilhões.
Atualmente, o Fundeb é responsável por 63% dos recursos aplicados na educação básica. Ele foi criado em 2006 para ampliar os investimentos no ensino infantil, fundamental e médio, mas expira em 2020.
SEGURANÇA – O governador também citou o compromisso de apoio dos secretários estaduais de Justiça e Segurança Pública do País em relação ao pacote anticrime do governo federal. O texto está na Câmara dos Deputados e deve ser votado ainda neste ano. O compromisso foi assumido pelo Conselho Nacional dos Secretários de Estado da Justiça, da Cidadania, Direitos Humanos e Administração Penitenciária (Consej), em reunião no Palácio Iguaçu, na última semana.

Cotidiano

JUSTIÇA

Leilão de veículos arrecada R$ 247 mil para o combate ao tráfico

CIDADANIA

No 31º aniversário da Constituição Federal, Brasil coleciona mais de 790 mil normas vigentes

POLÍTICA

Senado aprova texto e histórico pode agravar pena por crime ambiental

JUSTIÇA

Decisão do STF sobre 2ª instância pode afetar 4,9 mil presos, diz CNJ

POLÍTICA

Presidente do PSL é alvo de operação da PF

GERAL

Ministério do Turismo oferece curso profissionalizante gratuito

SAÚDE

Exame para identificar Zika vírus é comercializado no país

CANONIZAÇÃO

Santa Dulce dos Pobres torna-se a primeira Santa brasileira

POLÍTICA

Supremo julga na quinta ações sobre prisão após segunda instância

DEBATE

Estado promove Fórum de Erradicação da Pobreza

SERVIÇO PÚBLICO

Proposta de reforma deve ser concluída este mês

JUSTIÇA

Cabral é condenado a mais 33 anos de prisão por crimes da Lava Jato

POLÍTICA

Bolsonaro pede confiança a investidores e diz que quer dividir riqueza

POLÍTICA

Senado convida ministros para falar de suspensão de radares

POLÍTICA

Comissão aprova convocação do ministro Marcelo Álvaro Antônio

NO CAMPO

Mapa publica produtos da agricultura familiar com desconto em outubro

EDUCAÇÃO

Programa do MEC abrirá 1,5 milhão de vagas em educação profissional

CÂMARA

Projeto de Rubens Bueno dá autonomia para Institutos de Pesos e Medidas

POLÍTICA

Ex-superintendente da PF no RJ assume combate a crimes financeiros

SEGURANÇA

Flagrantes por videoconferência agilizam o trabalho da Polícia Civil

agência dream