Paranavaí
Min. 25°C Max. 36°C
PROPINAS DE US$ 31 MILHÕES

Esquema corrupto atuava na área de trading da Petrobras

06/12/18 00:00:00 - Cotidiano > Nacional
Esquema corrupto atuava na área de trading da Petrobras O procurador da República Athayde Ribeiro Costa ressalta que 201Ctrata-se de esquema criminoso praticado ao longo de anos, com envolvimento de empresas gigantes de atuação internacional Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

BRASÍLIA - A 57ª fase da Operação Lava Jato, batizada de Sem Limites, deflagrada nesta quarta-feira (5) pela Polícia Federal, investiga o pagamento de pelo menos US$ 31 milhões em propinas para operadores e então funcionários da Petrobras, entre os anos de 2009 a 2014.
De acordo com o Ministério Público Federal (MPF), essas propinas foram desembolsadas por “grandes empresas do mercado de petróleo e derivados - conhecidas como tradings”.
Segundo as investigações, há suspeita de que, entre 2011 e 2014, elas fizeram pagamentos de propinas nos valores de US$ 5,1 milhões, US$ 6,1 milhões e US$ 4,1 milhões, respectivamente, “relacionadas a mais de 160 operações de compra e venda de derivados de petróleo e aluguel de tanques para estocagem”.
“As provas apontam que havia um esquema em que empresas investigadas pagavam propina a funcionários da Petrobras para obter facilidades, conseguir preços mais vantajosos e realizar contratos com maior frequência”, diz o MPF.
“Os subornos beneficiavam funcionários da gerência executiva de Marketing e Comercialização, subordinada à Diretoria de Abastecimento. As operações de trading (compra e venda) e de locação que subsidiaram os esquemas de corrupção foram conduzidas pelo escritório da Petrobras em Houston, no estado do Texas, nos Estados Unidos, e pelo centro de operações no Rio de Janeiro”, acrescenta.
A procuradora da República Jerusa Burmann Viecili, que integra a força-tarefa Lava Jato no MPF em Curitiba, informou que “as operações da área comercial da Petrobras no mercado internacional constituem um ambiente propício para o surgimento e pulverização de esquemas de corrupção, já que o volume negociado é muito grande e poucos centavos a mais, nas negociações diárias, podem render milhões de dólares ao final do mês em propina”.
As tradings investigadas comercializam de modo maciço e recorrente com a Petrobras, no mercado internacional. “Somente a Trafigura, entre 2004 e 2015, realizou cerca de 966 operações comerciais com a Petrobras, as quais totalizaram o valor de aproximado de US$ 8,7 bilhões”, diz o MPF.
O procurador da República Athayde Ribeiro Costa ressalta que “trata-se de esquema criminoso praticado ao longo de anos, com envolvimento de empresas gigantes de atuação internacional, parte delas com faturamento maior que o da própria Petrobras. Foram corrompidos funcionários da estatal, com evidências de que ao menos dois ainda estão em exercício, para que as operações de compra e venda de derivados de petróleo favorecessem estas empresas. Os ilícitos estão sujeitos a punições no Brasil e no exterior”.

Cotidiano

FUTURO MINISTRO

Moro diz que não cabe a ele dar explicações sobre relatório do Coaf

EM DIPLOMAÇÃO

Bolsonaro fala em transformar o país em um local de justiça social

FIM DE PRAZO

Está terminando o prazo para vacinação do rebanho contra aftosa

PRESIDENTE ELEITO

Bolsonaro vai a São Paulo fazer nova avaliação médica

NOVA ÉTICA

Como o brasileiro vê o cumprimento das leis

PESQUISA

Jovens Nem-Nem: 23% nem trabalham, nem estudam

12 MORTES

Jungmann chama de "tragédia" mortes em tentativa de assalto a banco

LEVANTA DÚVIDAS

Onyx: Há setores que tentam destruir a reputação do presidente eleito

POLÊMICA

Toffoli pede providências à PGR sobre discussão em voo com Lewandowski

ENFEITES

Copel orienta sobre cuidados ao montar a decoração de Natal

TURBILHÃO DE EMOÇÕES

Raiva em excesso faz mal ao corpo e à alma

ENQUETE

Maioria dos entrevistados quer fim do horário de verão

PRESIDENTE ELEITO

Bolsonaro pede a adversários que abandonem o “ódio sem necessidade”

SAÚDE

Infecções por superfungos devem se tornar mais comuns, diz pesquisador

FALTA DE PLANEJAMENTO

80% dos negativados em outubro já haviam atrasado outras contas nos últimos 12 meses

SEM CONTROLE

Consumismo exagerado pode desenvolver problemas psicológicos

PROCURADORA-GERAL

Há “mazelas” que precisam ser resolvidas no SUS, diz Raquel

INSCRIÇÕES

Saiu o edital da PRF com 500 vagas e inicial de até R$ 9,4 mil

CÂMARA/DEPUTADOS

Rubens Bueno critica novo adiamento da votação do projeto dos supersalários

PROPOSTA

Toffoli quer pacto sobre reformas previdenciária, tributária e fiscal

diario do noroeste
diario do noroeste
diario do noroeste
agência dream