Paranavaí
Min. 20°C Max. 30°C
ASPECTO DA SECREÇÃO

Secreção vaginal: quando se preocupar?

23/02/19 00:00:00 - Cotidiano > Saúde

SÃO PAULO - A secreção vaginal é normal e toda mulher tem. Assim como outras partes do corpo, a vagina produz um muco sem cheiro e cor, responsável pela lubrificação da área. 
O sinal de alerta deve acender apenas quando ocorrerem mudanças no aspecto da secreção. De acordo com a ginecologista do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos (SP), Maria Luisa Mendes Nazar, se a secreção apresentar outro cheiro e coloração - como amarelada, esverdeada e ou até mesmo venha com sangramento-, pode ser um indicativo de problemas. Neste caso, passa a se chamar corrimento e um especialista deve ser consultado.
Para ter certeza que houve uma alteração, é preciso observar a secreção quando ela é expelida e não quando já está na calcinha. "O contato com o tecido e a influência de bactérias são capazes de mudar a cor. Por isso, é importante reparar logo que sai da vagina e passar o material no papel para ter uma percepção mais precisa", diz Maria Luisa.
A partir das mudanças de cor e cheiro é possível detectar a causa do problema. Quando o corrimento é branco e acompanhado de coceira intensa, o fungo é o culpado e o tratamento, de acordo com a ginecologista, é feito com antifúngico. Já quando a coloração tende para o amarelo ou esverdeado, com cheiro ruim, significa que há ações de bactérias na região vaginal.
A especialista alerta que há mulheres que tem uma secreção vaginal natural aumentada e produzem muco de forma excessiva, chegando a ser um incômodo. O muco aumentado pode ocorrer por diferentes motivos, como jejum prolongado e em função de um quadro de diabetes.
Para minimizar o desconforto, a dica é trocar mais vezes de calcinha por dia, evitando assim o uso de absorventes diários, que esquentam a região e acabam aumentando a secreção. Outra recomendação é escolher calcinhas com tecido de algodão, realizar a higiene vaginal duas vezes ao dia, dormir sem calcinha e realizar banhos na região com uma mistura de água com bicarbonato ou vinagre - na proporção de um litro de água morna e uma colher de chá de um dos dois ingredientes. 

Cotidiano

VERÃO / CARNAVAL

SBP alerta para o risco do consumo de álcool por crianças e adolescentes

PARANÁ

Secretaria alerta para cuidados com a conservação dos alimentos no verão

BRASIL/DEZ ANOS

Câncer de pele causa mais de 30 mil mortes e quase 400 mil internações hospitalares

NOROESTE DO PARANÁ

Regional de Saúde cobra mais eficiência nas ações de combate à dengue

XÔ QUEDA CAPILAR

Conheça os tratamentos capazes de combater este mal

SAÚDE

Campanha de vacinação contra o sarampo começa em todo Paraná

SAÚDE

Desigualdades impactam diagnóstico precoce do câncer de mama no país

FIQUE ATENTO

Cinco sinais que podem detectar o câncer de mama masculino

SAÚDE

Medicamento de hemofilia está sob avaliação para inclusão no SUS

SAÚDE

Estudo inédito avalia saúde nutricional das crianças brasileiras

SINTOMAS

Dor no estômago pode ser o alerta para diversas doenças

MAIS FREQUENTES

Câncer gástrico: Entenda mais sobre a doença que atingiu cantora do Grupo Fat Family

FIQUEM ATENTOS

Volta às aulas é oportunidade para reforçar a vacinação contra o HPV

DATAFOLHA

Brasileiras estão satisfeitas com atendimento de seus ginecologistas, revela pesquisa

VASCULAR

Nada de generalizar: Problemas de circulação podem ter diferentes causas e tratamentos

RESSACA:

O que os sintomas representam

SAÚDE

Novo caso de febre amarela é confirmado no Paraná

LER

Lesões por Esforço Repetitivo: A síndrome que virou "moda"

SAÚDE

Excesso de lágrimas tem várias causas, inclusive “olho seco”

VIVER BEM

Faça do verão um amigo da saúde

agência dream