Paranavaí
Min. 15°C Max. 26°C
IMUNIZAÇÃO

Público-alvo para seis vacinas é ampliado

23/03/17 00:00:00 - Cotidiano > Saúde
Público-alvo para seis vacinas é ampliado Segundo o Ministério, o objetivo é aumentar a proteção de crianças e adultos e diminuir a incidência de algumas doenças no país

O Ministério da Saúde anunciou este mês a ampliação do público-alvo para seis vacinas que fazem parte do Calendário Nacional de Vacinação: tríplice viral, tetra viral, dTpa adulto, HPV, meningocócica C e hepatite A. 
Segundo o Ministério, o objetivo é aumentar a proteção de crianças e adultos e diminuir a incidência de algumas doenças no país, como caxumba e coqueluche. Todas as salas de vacina de Paranavaí já estão preparadas para atender a população com as novas mudanças, informou a assessoria de imprensa da Prefeitura.

Mudanças no Calendário Nacional de Vacinação: 

CRIANÇAS:
HEPATITE A – Antes,  idade máxima para vacinação era de 2 anos. Agora, uma dose aos 15 meses ou até 4 anos, 11 meses e 29 dias.
TETRA VIRAL (sarampo, caxumba, rubéola e varicela) – Antes, a idade máxima para vacinação era de 2 anos. Agora, uma dose aos 15 meses ou até 4 anos, 11 meses ou 29 dias.

CRIANÇAS E ADOLESCENTES 
HPV – Antes, eram duas doses com intervalo de seis meses para meninas de 9 a 13 anos e três doses com intervalo de dois e seis meses para mulheres de 9 a 26 anos vivendo com HIV e Aids. Agora, a vacina passa a ser ofertada em duas doses também para meninos de 12 e 13 anos e em três doses para homens de 9 a 26 anos vivendo com HIV e Aids e pessoas com baixa imunidade (como transplantados ou pacientes oncológicos)
MENINGITE C – Antes, a vacina era indicada apenas para crianças, com esquema vacinal de duas doses aos três e cinco meses de idade e reforço que poderia ser aplicado aos 12 meses ou até 4 anos. Agora, será ofertada uma dose de reforço também a adolescentes de 12 a 13 anos 

ADULTOS 
TRÍPLICE VIRAL – Antes, além da vacinação na infância, adultos poderiam recebiam 2ª dose até 19 anos ou receber apenas uma dose da vacina, administrada entre 20 e 49 anos. Agora, a 2ª dose será ofertada até 29 anos; para não vacinados, é ofertada uma dose de 30 a 49 anos.
DTPA (difteria, tétano e coqueluche) – Antes, era uma dose a cada gestação entre a 27ª semana e 36ª semana. Agora, uma dose a cada gestação a partir da 20ª semana ou no puerpério (até 45 dias após o parto.

agência dream