Paranavaí
Min. 16°C Max. 29°C
ASSISTÊNCIA

Hospital da Criança de Maringá terá R$ 90 milhões do Ministério da Saúde

02/03/18 00:00:00 - Cotidiano > Saúde

O Ministério da Saúde liberou recursos na ordem de R$ 90 milhões para a construção do Hospital da Criança de Maringá, no município de Maringá (PR). Ao entrar em funcionamento, a unidade será referência em alta complexidade pediátrica para mais de 115 municípios da macrorregião noroeste do estado, que possui mais de 4 milhões de habitantes. 
A construção será iniciada a partir de ordem de serviço assinada nesta quinta-feira (01), durante solenidade no Auditório Hélio Melo, na Prefeitura Municipal, com a presença do ministro da Saúde, Ricardo Barros. 
Os recursos federais foram liberados em dezembro de 2017 para a construção e estrutura do Hospital. A obra é uma parceria do Governo Federal, Governo do Estado, Prefeitura de Maringá e Organização Mundial da Família (OMF). “Essa obra é de fundamental importância para o fortalecimento dos atendimentos nessa região. Esse hospital irá ampliar e qualificar os serviços de saúde pediátricos, evitando o encaminhamento das crianças para Curitiba”, ressalta o ministro Ricardo Barros.
O Hospital da Criança de Maringá contará também com um centro de pesquisas em doenças raras. Prestará atendimento em mais de 20 especialidades, como oncologia, ortopedia, cardiologia, endocrinologia, entre outras. A unidade será construída em um terreno de 86 mil metros quadrados, cedido pelo Governo Federal. A expectativa é que entre em funcionamento em até dois anos. Com 23 mil metros quadrados de área construída, a unidade contará com 160 leitos, sendo 20 destinados à UTI.
Em 600 dias de gestão, Maringá foi contemplada com R$ 29,2 milhões para reforçar o atendimento à saúde da população. Desse total, R$ 23,3 milhões foram para custeio de 18 serviços/leitos de média e alta complexidade que funcionavam sem a contrapartida federal. Outros R$ 5,2 milhões foram repassados via emendas parlamentares. Além disso, o município foi contemplado também com R$ 480 mil, repassados entre julho e dezembro de 2017, para fortalecimento da Atenção Básica, principal porta de entrada para o SUS, dos municípios integrantes do consórcio.

agência dream