Com mais de 790 hectares, o Parque Estadual do Guartelá, em Tibagi, nos Campos Gerais, tem como principal atrativo o Canyon do Rio Iapó, o sexto maior " />
Paranavaí
Min. 17°C Max. 34°C
PARQUE ESTADUAL

Governo do Paraná preserva o sexto maior canyon do planeta

27/01/15 00:00:00 - Cotidiano > Turismo

Com mais de 790 hectares, o Parque Estadual do Guartelá, em Tibagi, nos Campos Gerais, tem como principal atrativo o Canyon do Rio Iapó, o sexto maior em extensão do planeta.
O parque é uma Unidade de Conservação criada em 1997 e gerenciada pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP). É uma ótima opção de lazer para as férias.
No local os visitantes podem observar e aprender sobre os patrimônios espeleológico (cavernas), arqueológico e pré-histórico. Também existem cachoeiras, canyons, pinturas rupestres e o ecossistema típico da região.
O parque abriga fauna e flora bastante diversificadas e pesquisadas por estudiosos. A vegetação é de campos, remanescentes de cerrado, florestas com araucária, elementos da Floresta Estacional Semidecidual e Floresta Ombrófila Densa (Mata Atlântica). Há também animais, como Tamanduá Bandeira, Macaco Bugio, Lobo Guará, Papagaio de Cara Roxa e Urubu-Rei.
"Eu me sinto privilegiado por trabalhar neste local e ter contato com os visitantes. Eles se encantam com o parque", comenta o gerente da Unidade de Conservação, Cristovam Sabino Queiroz.
Em média, o parque recebe 1.700 visitantes por mês. "A cada ano que passa existe um aumento na taxa de visitação” afirma Cristovam. Nos últimos dez anos a taxa aumentou em mais de 100%. No ano de 2013 o número de visitantes chegou a 21.369. Até o mês de outubro de 2014 foram aproximadamente 17.000 visitantes.
DUAS TRILHAS - A Unidade de Conservação possui trilhas de diferentes níveis de dificuldade e que permitem ao visitante contato direto com a natureza.
A Trilha Básica tem percurso de aproximadamente 5.000 metros de extensão e dá acesso ao mirante do canyon, a cachoeira Ponte de Pedra e aos panelões do Arroio Pedregulho - único lugar permitido para banho. Para percorrer essa trilha, o horário limite do início da caminhada é 16h30 e não é necessária a contratação de guias.
Já a Trilha das Pinturas Rupestres pode ser feita somente com guia autorizado pelo parque, contratado em operadora legalizada pelo município de Tibagi.
No percurso de 7.500 metros é possível observar as pinturas rupestres de cerca sete mil anos, que estão presentes no Sítio Arqueológico.
Para a preservação local, o percurso é aberto somente para 40 visitantes por dia. Os horários de início do trajeto são prefixados (8h30, 09h30, 13h30 e 14h30) e podem ser feitos em grupo de, no máximo, dez visitantes e o guia responsável.
A “trilha das pinturas rupestres” não pode ser feito caso chova. Em dias chuvosos, só é permitida a realização da trilha básica e somente o acesso ao Mirante.
Para o passeio é recomendável que o visitante esteja com roupa para banho, protetor solar, repelente de insetos, chapéu ou boné e calçado apropriado para a caminhada em trilhas. Também é importante levar lanche, pois não há lanchonete ou restaurante no parque.
O parque oferece um veículo de apoio para maiores de 60 anos, gestantes, crianças de colo com acompanhante, pessoas com necessidades especiais ou com algum problema de saúde.
AÇÕES - Além de oferecer trilhas e visitação pública, o parque participa do Programa Parque Escola, desenvolvido pelo IAP em parceria com a Secretaria do Estado de Meio Ambiente e Secretaria de Estado da Educação.
O programa é uma ação destinada aos estudantes de 6º e 7º anos de escolas públicas e promove atividades dinâmicas e jogos de educação ambiental.
O local também serve como laboratório ao ar livre para diversas pesquisas científicas feitas por universidades em prol do melhor conhecimento do ecossistema da região e preservação ambiental.
Além disso, são desenvolvidos trabalhos para o manejo da Unidade de Conservação. Anualmente, são feitos erradicação de espécies exóticas invasoras, controle de erosões e manutenção nas trilhas.
O uso das imagens do Parque para fins comerciais só é permitido com autorização do IAP.

SERVIÇO:
Parque Estadual do Guartelá
Localização: Rodovia PR-340, Km 42, Guartelá de Cima, Tibagi
Horário: de quarta-feira a domingo e feriados, de 8h às 18h
Entrada gratuita

Cotidiano

TURISMO

Feriados prolongados deverão impulsionar a economia, diz Ministério do Turismo

FESTEJO POPULAR

Festas juninas são destaques do Calendário Nacional de Eventos Turísticos

HENRIQUE-ALVES

Ministro do Turismo prometeu lobby a empreiteiro da OAS, diz Procuradoria

TURISMO-NEGÓCIOS

Brasileiro aperta cinto, mas mantém viagens para fora

CARNAVAL

Turismo tem opções para quem deseja curtir o Carnaval sem folia

NATUREZA

Manaus recebe um número cada vez maior de estrangeiros

URUGUAI

De olho em brasileiros, taxistas uruguaios aprendem português

AVENTURA

Pernambuco aprova normas de segurança para mergulho

AMAZONAS

Interação com botos é atração turística em Novo Airão

TURISMO

Viajar é o maior desejo de consumo dos brasileiros, diz estudo

TURISMO

Mais brasileiros desejam viajar acompanhados, revela estudo

VIAGENS

Turismo religioso continua em alta no Brasil

VERÃO / CARNAVAL

SBP alerta para o risco do consumo de álcool por crianças e adolescentes

COPEL

Copel flagra 43 “gatos” por dia em todo Paraná

DIREITO DO CONSUMIDOR

Itens de uso coletivo não podem constar em listas de material escolar

INVESTIMENTO

Estado autoriza pagamento extra de R$ 20 milhões às escolas

OUVIDORIA

Ouvidoria Municipal fez quase 9 mil atendimentos em 2019

CICA

Municípios do Noroeste iniciam plano de gestão de resíduos sólidos

COSTA NOROESTE

Polícia Militar apresenta resultados positivos da Operação Verão

ECONOMIA

Valor da produção agropecuária de 2019 atinge recorde de R$ 630,9 bi

agência dream