Paranavaí
Min. 22°C Max. 31°C
DOCUMENTO

Paraná quer mais recursos e queda de juros no novo Plano Agrícola

12/03/19 00:00:00 - Economia > Agricultura
Paraná quer mais recursos e queda de juros no novo Plano Agrícola O Plano Agrícola e Pecuário para a safra 2019-2020 inicia no mês de junho Foto: Antonio Costa/Arquivo ANPr

CURITIBA - A Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento enviou documento ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento que propõe aumento na concessão de crédito para o agronegócio, redução nas taxas de juros para as principais linhas de financiamento do agronegócio brasileiro e o cumprimento integral de todas as deliberações contidas no plano anual. O Plano Agrícola e Pecuário para a safra 2019-2020 inicia no mês de junho.
Segundo o secretário da Agricultura, Norberto Ortigara, as propostas contidas no Plano Agrícola e Pecuário anterior (2018/19) não foram integralmente cumpridas, faltando recursos com juros controlados para financiar a compra de máquinas e equipamentos agrícolas.
Conforme determinação do governador Carlos Massa Ratinho Júnior, o documento contém sugestões para reduzir a burocracia na concessão de crédito rural, assim como solicita a disponibilidade integral do volume de recursos anunciado. Desde a safra 2017/18, uma série de resoluções do Conselho Monetário Nacional vem reduzindo significativamente a oferta de recursos controlados, via crédito rural.
RECURSOS - O documento atual propõe uma oferta de R$ 220 bilhões para o crédito rural em todo o País, sendo R$ 170 bilhões para custeio e R$ 50 bilhões para investimentos.
Esse valor representa um aumento de 13,2% em relação ao ano passado, quando o governo disponibilizou R$ 194,37 bilhões para o agronegócio brasileiro. O documento propõe ainda a redução de meio ponto percentual nas taxas de juros, sendo de 6% para 5,5% aos médios produtores e de 7% para 6,5% para os demais produtores.
Segundo o secretário da Agricultura, o Paraná é um dos estados líderes no Agronegócio, sendo o principal produtor de trigo e carne de frango do País, o segundo maior produtor de milho e soja e terceiro maior produtor de suínos e leite, produtos que impulsionam a produção de alimentos para o abastecimento interno da população brasileira e também trazem divisas ao País com a exportação desses produtos.
Ortigara esclarece que com os recursos do crédito rural, o produtor evita captar recursos junto ao mercado financeiro, fornecedores de insumos e agentes de mercado em geral, onde irá pagar juros e encargos elevados.
São setores que cresceram graças ao apoio das linhas de financiamento do Crédito Rural e hoje estão gerando empregos no campo e renda aos agricultores e desenvolvimento aos municípios, diz o secretário da Agricultura.

Economia

AGRICULTURA

FAEP solicita prorrogação de dívidas dos produtores por conta da seca

FRANGO

Preço da carne de frango inicia novembro em alta

AGRICULTURA

Paraná estima colheita de 22,7 milhões de toneladas de grãos para safras 17/18

ECONOMIA

Volta do otimismo leva expectativa de emprego ao melhor nível desde 2010

BALANÇO

Agricultura aposta na agregação de valores na produção para enfrentar crise

SUBVENÇÃO

Seguro Agrícola tem corte de 46%

RELATÓRIO

Judicialização na saúde cresce 130% no país, mostra estudo

DESEMPENHO

Economia brasileira deve crescer 1,9%, prevê OCDE

APONTAM CNDL/SPC BRASIL

Número de inadimplentes que regularizaram dívidas cresce 11,5%,

ECONOMIA

Alta nos preços compromete as vendas de feijão em Paranavaí

PEQUENOS EMPRESÁRIOS

Vejam dicas para empresários evitarem prejuízos com ação de estelionatários

REDUÇÃO DA SAFRA PARANAENSE

Preços dos principais produtos permanecem bons para os produtores

AVICULTURA

Paraná alcança segundo melhor mês em abate de frangos de sua história

ECONOMIA

Exportações paranaenses de caminhões crescem 244% em janeiro

ECONOMIA

Receita Federal invalida CNPJ de 3,3 milhões de empresas

PIS

Abono salarial começa a ser pago para trabalhadores nascidos em março e abril

SOJA

Procura começa a aumentar e preços da soja sobem no país

COTAÇÕES EM ALTA

Valores do milho estão em elevação na maior parte das regiões brasileiras

PREÇO MÉDIO

Oferta reduzida de mandioca eleva cotações

TENDÊNCIA

Boi: Volume de animais abatidos no Brasil se eleva em 2018

agência dream