Paranavaí
Min. 20°C Max. 35°C
SOJA

Procura começa a aumentar e preços da soja sobem no país

19/02/19 00:00:00 - Economia > Agronegocios

A valorização do dólar frente ao Real no acumulado de fevereiro atraiu compradores de soja para o Brasil. No entanto, as negociações foram limitadas pelo baixo interesse de venda por parte de produtores, que estão com as atenções voltadas aos trabalhos de campo e às entregas de contratos. 
Além dos compradores externos, algumas indústrias brasileiras já sinalizam necessidade de adquirir novos lotes de soja para abastecer os estoques. Esse cenário impulsionou os prêmios de soja no Brasil, que, por sua vez, influenciaram as altas nos preços do grão no mercado doméstico. 
Entre 31 de janeiro e 15 de fevereiro, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa da soja Paranaguá (PR) subiu 1%, indo para R$ 77,83/sc de 60 kg na sexta-feira, 15. No mesmo comparativo, o Indicador CEPEA/ESALQ Paraná teve alta de 0,5%, a R$ 72,62/sc de 60 kg. A moeda norte-americana se valorizou 1,45% no mesmo período, a R$ 3,704 na sexta. 
A alta nos preços do grão, no entanto, foi limitada pela baixa demanda por derivados. Alguns avicultores e suinocultores têm reduzido as aquisições do farelo, e fábricas de ração sinalizam diminuição nas vendas. 
No mercado interno, a retração de produtores continua atrelada às incertezas quanto ao volume a ser colhido nesta safra (2018/19), devido ao clima desfavorável no período crítico de desenvolvimento dos grãos.

Economia

PROGNÓSTICO

Brasil deve fechar safra com recorde de 242,1 milhões de toneladas de grãos

AVICULTURA

Produção no Paraná ultrapassa 915 milhões de aves e tem o melhor semestre já registrado

AGRICULTURA

Safra de grãos no Paraná deve atingir 37 milhões de toneladas

AGRONEGÓCIO

Quebra da safra afeta o PIB do Paraná no primeiro trimestre

AGRICULTURA

Conab prevê colheita de 50,92 milhões de sacas de café

ANÁLISE

Paraná bate recorde na produção de carne bovina

DEMANDA

Soja: Encerramento da colheita aumenta ritmo de negócios no BR

RITMO LENTO

Milho: Com baixa liquidez, preços seguem em queda

MANDIOCA

Desvalorizações comprometem rentabilidade da mandiocultura

REDUÇÃO DA SAFRA PARANAENSE

Preços dos principais produtos permanecem bons para os produtores

AVICULTURA

Paraná alcança segundo melhor mês em abate de frangos de sua história

COTAÇÕES EM ALTA

Valores do milho estão em elevação na maior parte das regiões brasileiras

PREÇO MÉDIO

Oferta reduzida de mandioca eleva cotações

TENDÊNCIA

Boi: Volume de animais abatidos no Brasil se eleva em 2018

CITROS

Baixa produção eleva preços da laranja

FRANGO

Avicultores: Poder de compra vem registrando mais um mês de queda

COMENTA DECISÃO DA CHINA

“Não foi tão ruim assim”, diz ministra sobre medidas antidumping contra frango brasileiro

SOJA

Vendedores que anteciparam negócios agora se retraem no spot

POUCA DISPONIBILIDADE

Mandioca: Indústrias seguem com dificuldades para se abastecer

MILHO

Avanço da colheita não impede sustentação de preços do milho

agência dream