Paranavaí
Min. 21°C Max. 27°C
AGRICULTURA

Conab prevê colheita de 50,92 milhões de sacas de café

19/05/19 00:00:00 - Economia > Agronegocios

A safra deste ano deve garantir colheita de 50,92 milhões de sacas de café beneficiado, somando as espécies arábica e conilon, de acordo com a 2ª estimativa para o produto, realizada pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), divulgada nesta semana, em Brasília.
O resultado representa redução de 17,4% em relação a 2018. O recuo é devido à bienalidade negativa nos cafezais, fenômeno natural da cultura e faz com que a produtividade seja maior em um ano e menor no ano seguinte. Mas, o Brasil segue como principal produtor mundial e maior exportador do produto.
De acordo com o levantamento, a colheita já foi iniciada e a produção mantém-se como a maior dentro do período de bienalidade negativa. O café arábica, que representa 72% do total e é mais influenciado pela bienalidade, deve alcançar 36,98 milhões de sacas, com redução de 22,1% em comparação à temporada anterior.
Já a produção de conilon está estimada em 13,94 milhões de sacas, com baixa de 1,7% em relação a 2018. No caso do conilon, a projeção deve-se principalmente à expectativa de redução de produção na Bahia e em Minas Gerais, que diminuíram área e apresentam menores estimativas de produtividades médias, e no Espírito Santo, que também diminuiu a produtividade devido ao clima.
A área total cultivada com as duas espécies totaliza 2,16 milhões de hectares. Desse total, 14,8% estão em formação e 85% em produção. Na safra atual, a área em produção foi reduzida em 1,1%, enquanto a área em formação aumentou 8,7%. Segundo o estudo, por se tratar de uma safra de bienalidade negativa, os produtores aproveitam para realizar tratos culturais nas lavouras e, consequentemente, diminuir a área em produção.
Outro destaque do Boletim é o mapeamento que a Conab está realizando com os dados de café nas principais regiões produtoras. O estudo utiliza tecnologias de georreferenciamento, que colabora com as estimativas de áreas.

Economia

PROGNÓSTICO

Brasil deve fechar safra com recorde de 242,1 milhões de toneladas de grãos

AVICULTURA

Produção no Paraná ultrapassa 915 milhões de aves e tem o melhor semestre já registrado

AGRICULTURA

Safra de grãos no Paraná deve atingir 37 milhões de toneladas

AGRONEGÓCIO

Quebra da safra afeta o PIB do Paraná no primeiro trimestre

ANÁLISE

Paraná bate recorde na produção de carne bovina

DEMANDA

Soja: Encerramento da colheita aumenta ritmo de negócios no BR

RITMO LENTO

Milho: Com baixa liquidez, preços seguem em queda

MANDIOCA

Desvalorizações comprometem rentabilidade da mandiocultura

REDUÇÃO DA SAFRA PARANAENSE

Preços dos principais produtos permanecem bons para os produtores

AVICULTURA

Paraná alcança segundo melhor mês em abate de frangos de sua história

SOJA

Procura começa a aumentar e preços da soja sobem no país

COTAÇÕES EM ALTA

Valores do milho estão em elevação na maior parte das regiões brasileiras

PREÇO MÉDIO

Oferta reduzida de mandioca eleva cotações

TENDÊNCIA

Boi: Volume de animais abatidos no Brasil se eleva em 2018

CITROS

Baixa produção eleva preços da laranja

FRANGO

Avicultores: Poder de compra vem registrando mais um mês de queda

COMENTA DECISÃO DA CHINA

“Não foi tão ruim assim”, diz ministra sobre medidas antidumping contra frango brasileiro

SOJA

Vendedores que anteciparam negócios agora se retraem no spot

POUCA DISPONIBILIDADE

Mandioca: Indústrias seguem com dificuldades para se abastecer

MILHO

Avanço da colheita não impede sustentação de preços do milho

agência dream