Paranavaí
Min. 23°C Max. 39°C
AVICULTURA

Produção no Paraná ultrapassa 915 milhões de aves e tem o melhor semestre já registrado

28/07/19 00:00:00 - Economia > Agronegocios
Produção no Paraná ultrapassa 915 milhões de aves e tem o melhor semestre já registrado Atividade apresentou crescimento no primeiro semestre, aponta levantamento

O Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado do Paraná (Sindiavipar) divulgou, nesta sexta-feira (26), o balanço do primeiro semestre de 2019 do setor. De acordo com levantamento da entidade, 919,4 milhões de aves foram produzidas de janeiro a junho deste ano no estado, o volume representa o melhor semestre de abates já registrados pela avicultura paranaense. O número é 2,4% superior ao segundo semestre de 2017 - antiga melhor marca do setor - quando 897,7 milhões de frangos foram produzidos, e 5,3% maior que o mesmo período do ano passado, quando o volume chegou a 872,6 milhões de cabeças.
Para o presidente do Sindiavipar, Domingos Martins, os números mostram um crescimento natural da atividade, que oferece ao consumidor proteína acessível e com excelente qualidade. “O frango, dentro no mercado doméstico, se adapta muito bem à dieta do brasileiro tanto em questão de preço quanto nas condições gerais. Impulsionando esse número, recorde no semestre, tivemos também fatores internacionais como a necessidade de atender ao aumento das exportações para países parceiros importantes”, afirma. Somente em junho, a quantidade de abates chegou a 146 milhões de cabeças, aponta levantamento do Sindicato.
EXPORTAÇÃO - Deste total produzido, aproximadamente 34% foi destinado ao mercado externo. De acordo com dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), 777,5 mil toneladas de carne de frango foram embarcadas pelo Paraná durante o primeiro semestre do ano. O volume é cerca de 11% maior que o mesmo período de 2018, quando 699,6 mil toneladas foram exportadas. Ainda segundo o levantamento, só em junho, foram enviadas 155,7 mil toneladas da proteína ao mercado internacional, ante 99,4 mil toneladas no mesmo mês de 2018, resultando em um acréscimo de 56%. 
Neste cenário, Martins destaca duas grandes conquistas para a avicultura no primeiro semestre. “O México e a China aumentaram sensivelmente as quantidades demandadas por carne de frango. E a tendência é que a gente evolua nesses números” explica. Ao todo, segundo a Secex, o Paraná foi responsável por 39% dos embarques nacionais do segmento, durante os primeiros seis meses de 2019. A quantidade resultou em uma receita de U$$ 1.231.176.069, montante 15,15% superior ao mesmo período do ano passado (U$$ 1.065.842.240).

Economia

PROGNÓSTICO

Brasil deve fechar safra com recorde de 242,1 milhões de toneladas de grãos

AGRICULTURA

Safra de grãos no Paraná deve atingir 37 milhões de toneladas

AGRONEGÓCIO

Quebra da safra afeta o PIB do Paraná no primeiro trimestre

AGRICULTURA

Conab prevê colheita de 50,92 milhões de sacas de café

ANÁLISE

Paraná bate recorde na produção de carne bovina

DEMANDA

Soja: Encerramento da colheita aumenta ritmo de negócios no BR

RITMO LENTO

Milho: Com baixa liquidez, preços seguem em queda

MANDIOCA

Desvalorizações comprometem rentabilidade da mandiocultura

REDUÇÃO DA SAFRA PARANAENSE

Preços dos principais produtos permanecem bons para os produtores

AVICULTURA

Paraná alcança segundo melhor mês em abate de frangos de sua história

SOJA

Procura começa a aumentar e preços da soja sobem no país

COTAÇÕES EM ALTA

Valores do milho estão em elevação na maior parte das regiões brasileiras

PREÇO MÉDIO

Oferta reduzida de mandioca eleva cotações

TENDÊNCIA

Boi: Volume de animais abatidos no Brasil se eleva em 2018

CITROS

Baixa produção eleva preços da laranja

FRANGO

Avicultores: Poder de compra vem registrando mais um mês de queda

COMENTA DECISÃO DA CHINA

“Não foi tão ruim assim”, diz ministra sobre medidas antidumping contra frango brasileiro

SOJA

Vendedores que anteciparam negócios agora se retraem no spot

POUCA DISPONIBILIDADE

Mandioca: Indústrias seguem com dificuldades para se abastecer

MILHO

Avanço da colheita não impede sustentação de preços do milho

agência dream