Paranavaí
Min. 15°C Max. 29°C
PROGNÓSTICO

Brasil deve fechar safra com recorde de 242,1 milhões de toneladas de grãos

11/09/19 00:00:00 - Economia > Agronegocios
Brasil deve fechar safra com recorde de 242,1 milhões de toneladas de grãos Safra de grãos deverá ser recorde, aponta Ministério da Agricultura Foto: Jonas Oliveira/ANPR

A safra de grãos 2018/2019 no Brasil deve terminar com uma produção recorde de 242,1 milhões de toneladas de grãos. De acordo com estimativa divulgada nesta terça-feira pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), o crescimento será de 6,4% em comparação com a safra passada, impulsionado pelas culturas de algodão e milho. O recorde anterior foi registrado no período 2016/2017, de 237,6 milhões.
No caso do algodão, a pesquisa realizada pela Conab revelou um crescimento de 35,9% na produção, com volume estimado de 4,1 milhões de toneladas do caroço e 2,7 milhões de t do algodão em pluma. Entre os motivos estão a taxa de câmbio, a evolução dos preços e outros fatores, que levaram os produtores a expandir a área plantada, principalmente nos estados da Bahia e Mato Grosso. Com isso, a previsão de exportação da pluma também deverá superar a do ano passado em mais de 50%, alcançando pela primeira vez a marca de 1,5 milhão de toneladas.
Já com relação ao milho, a safra total chega a quase 100 milhões de toneladas. Houve aumento na segunda safra, com crescimento de 36,9% e previsão de produção recorde de 73,8 milhões de t, e queda na primeira safra, com 26,2 milhões de t, 2,3% menor que a anterior. No quadro de oferta e demanda da Conab, o produto mostra ainda uma expectativa de exportação recorde, de quase 35 milhões de toneladas.
O feijão apresentou bons resultados apenas na segunda e terceira safras, com aumento de 6,3% e 21,2% respectivamente. Mas não foi suficiente para garantir aumento no número total, que fechou 3% abaixo do ano anterior, com cerca de 3 milhões de toneladas nas três safras. Já no caso do arroz, a produção de 10,4 milhões de toneladas é 13,4% menor que a obtida em 2017/18, devido à redução de área e produtividade ocorridas nos principais estados produtores.
A soja também sofreu redução de 3,6% na produção, atingindo 115 milhões de t. Houve, contudo, o crescimento na área de plantio em 2,1%. Com o fim da colheita próximo (restam apenas algumas áreas na Região Norte e Nordeste), e mesmo com o decréscimo no percentual, esta consolida-se como a segunda maior produção de soja na série histórica da Conab.
Segundo o secretário substituto de Política Agrícola, Wilson Vaz, esses resultados vão beneficiar a comercialização dos produtos e influenciar de forma positiva a safra 2019/2020:
“Pegamos também o acompanhamento do desempenho de crédito rural nesses dois primeiros meses da safra e eles são bons, em linha com o que a ministra estabeleceu como prioridade: prioridade aos pequenos e médios produtores e investimentos em infraestrutura produtiva. Tudo isso se confirmou nesses primeiros dois meses com aumento substancial no crédito para o médio produtor rural de 28%, 14% para o pequeno produtor”, diz.
SAFRA DE INVERNO 2019 - A produção de trigo está estimada em 5,4 milhões de t, com uma área de 2 milhões de hectares, 0,2% maior que em 2018. As demais culturas de inverno (aveia, canola, centeio, cevada e triticale) apresentam um leve aumento na área cultivada, passando de 546,5 mil ha na safra passada, para 564,8 mil ha.

Economia

AVICULTURA

Produção no Paraná ultrapassa 915 milhões de aves e tem o melhor semestre já registrado

AGRICULTURA

Safra de grãos no Paraná deve atingir 37 milhões de toneladas

AGRONEGÓCIO

Quebra da safra afeta o PIB do Paraná no primeiro trimestre

AGRICULTURA

Conab prevê colheita de 50,92 milhões de sacas de café

ANÁLISE

Paraná bate recorde na produção de carne bovina

DEMANDA

Soja: Encerramento da colheita aumenta ritmo de negócios no BR

RITMO LENTO

Milho: Com baixa liquidez, preços seguem em queda

MANDIOCA

Desvalorizações comprometem rentabilidade da mandiocultura

REDUÇÃO DA SAFRA PARANAENSE

Preços dos principais produtos permanecem bons para os produtores

AVICULTURA

Paraná alcança segundo melhor mês em abate de frangos de sua história

SOJA

Procura começa a aumentar e preços da soja sobem no país

COTAÇÕES EM ALTA

Valores do milho estão em elevação na maior parte das regiões brasileiras

PREÇO MÉDIO

Oferta reduzida de mandioca eleva cotações

TENDÊNCIA

Boi: Volume de animais abatidos no Brasil se eleva em 2018

CITROS

Baixa produção eleva preços da laranja

FRANGO

Avicultores: Poder de compra vem registrando mais um mês de queda

COMENTA DECISÃO DA CHINA

“Não foi tão ruim assim”, diz ministra sobre medidas antidumping contra frango brasileiro

SOJA

Vendedores que anteciparam negócios agora se retraem no spot

POUCA DISPONIBILIDADE

Mandioca: Indústrias seguem com dificuldades para se abastecer

MILHO

Avanço da colheita não impede sustentação de preços do milho

agência dream