CURITIBA - O número de veículos, que funcionam com álcool ou gasolina, cresceu 145% nos últimos cinco anos no Paraná. Os dados, di" />
Paranavaí
Min. 18°C Max. 35°C
FROTA

Veículos flex já são 28% da frota total paranaense

11/05/14 00:00:00 - Economia > Geral
Veículos flex já são 28% da frota total paranaense Veículos flex já são 28% da frota total paranaense

CURITIBA - O número de veículos, que funcionam com álcool ou gasolina, cresceu 145% nos últimos cinco anos no Paraná. Os dados, divulgados pelo Departamento de Trânsito do Estado (Detran), ontem, mostram que os veículos flex já são 28% da frota total paranaense.
Levantamento mostra que são cerca de 1,8 milhão de veículos com esse modelo de combustão no Estado. Destes, 80% são carros, 10% caminhonetes e 5% motos. A fabricação desse modelo de combustão no país começou em 2003.
“Este crescimento é reflexo da busca do usuário por opções mais baratas de combustíveis. De 2009 a 2014, a frota do Paraná cresceu 33%. São mais de 6,2 milhões de veículos em circulação”, explica o diretor-geral do Detran, Marcos Traad.
Apesar do crescimento, mais da metade dos veículos cadastrados no Estado ainda funciona apenas a gasolina - são 3,2 milhões de automóveis, motos e caminhonetes.
DIESEL - O número de veículos a Diesel que entraram em circulação no Paraná nos últimos cinco anos também teve aumento. Esse tipo de motor a combustão ficou atrás apenas do flex em crescimento (31%) e chega a 583 mil unidades. Hoje, a frota a Diesel representa 9% do total, e é formada por caminhões em sua maioria (41%) e caminhonetes (27%).
ÁLCOOL - O número de veículos que operam à base de álcool variou apenas 0,7% nos últimos cinco anos. Atualmente são 403 mil veículos, sendo 90% de carros e 5% de caminhonetes.
GASOLINA/GNV - Os veículos movidos a Gasolina e a Gás Natural Veicular (GNV) tiveram aumento de 6% entre 2009 e 2014. Hoje, esses veículos somam 23 mil e estão cadastrados metade na capital e metade no interior do Estado.
BRASIL - Dados da Associação Nacional de Veículos Automotores (Anfavea) apontam que, em 2013, a média de novos veículos comercializados movidos a álcool e gasolina foi de 88,5%.

f/ (flex)
Em cinco anos, frota de veículos biocombustíveis aumenta 145% no Paraná
Fotos: Juliano Pedrozo/Detram

Economia

PIS

Abono salarial começa a ser pago para trabalhadores nascidos em março e abril

NEGÓCIOS

Empresários participaram de palestras e rodada de negócios

MERCOSUL

Carta de Porto Alegre prevê maior integração entre países

DESEMPREGO

10 passos para organizar as finanças em caso de desemprego

CÂMARA

Comissão aprova incentivo para investimento em pequena empresa

INTERNACIONAL

Agência Internacional de Energia diz que preço do petróleo pode cair mais

CAIXA-BALANÇO

Lucro da Caixa cresce 60% e chega a R$ 3 bilhões no 3º trimestre

RAZÕES

Pesquisa revela os cinco principais motivos que levam os profissionais a pedir demissão

IMPOSTO DE RENDA

Sem correção da tabela, contribuintes estão pagando mais IR do que devem

APP-SINDICATO

APP debate com o governo os encaminhamentos da greve

REGULAMENTAÇÃO

Governo estuda mudanças na jornada de trabalho

REFUGIADOS

Brasil passa por "crise de governança", diz secretário nacional de Justiça

RECUPERAÇÃO

Mantega fala em dificuldade do país engatar um novo ciclo de crescimento

FGV

Indicador do clima econômico piorou na América Latina e no Brasil

ALERTAS/MERCADO

Com clima favorável, colheita da mandioca é intensificada

BALANÇO

Marfrig registra prejuízo de R$ 96,4 mi no 1º trimestre

ALERTA

Empresas devem atualizar dados até 30 de julho para preservar direito ao nome

CAMINHONEIROS

“Profissão de ouro” movimenta mais da metade do que é consumido no país

VAREJO

Cocamar apresenta novidades na Apas 2014

"PROTOCOLO FANTASMA"

PF e Receita desmontam fraude de R$ 1 bi

agência dream