Paranavaí
Min. 14°C Max. 26°C
PARANAVAÍ

Vendas no comércio de Paranavaí crescem 16% na primeira quinzena de dezembro

17/12/19 15:47:38 - Economia > Local
Vendas no comércio de Paranavaí crescem  16% na primeira quinzena de dezembro Comercio noite 16-12 Ivan Fuquini dos Santos (1).jpg

A primeira quinzena de dezembro foi de resultados positivos para o comércio de Paranavaí. Na comparação com o mesmo período do ano passado, houve aumento de 16,56% nas vendas. Foi o que revelou um levantamento feito pela Associação Comercial e Empresarial de Paranavaí (Aciap), com base nas informações do Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC).
De acordo com o gerente-executivo da Aciap, Carlos Henrique Scarabelli, o dia de maior movimento foi o aniversário da cidade – sábado, 14 de dezembro. Comparado ao segundo sábado de dezembro do ano passado, a elevação foi de 15,51%. Levando em  consideração a primeira semana de horário especial de funcionamento, o crescimento foi de 22,65%.
Os primeiros 15 dias de dezembro apresentaram outro desempenho favorável, na comparação com 2018. O pagamento de dívidas subiu 3%, totalizando quase R$ 140 mil em débitos quitados através da solução de cobrança da Aciap. 
A avaliação de Scarabelli é que os números se devem “ao reflexo da melhoria da economia que o país está vivendo”. Ele destacou que o incremento do 13º salário “sempre é o diferencial para este período, porém com um ingrediente a mais que em anos anteriores: o saque do FGTS tem impactado no controle da inadimplência no comércio”.
Para o gerente-executivo da Aciap, o momento é de cautela, já que os números representam apenas o primeiro impacto. “É preciso saber se na segunda quinzena esse resultado irá se consolidar.” Segundo Scarabelli, para que isso aconteça “é necessário que os lojistas intensifiquem suas estratégias de marketing e de atração de clientes”.
Se depender do otimismo da vendedora Márcia Plaça, o comércio de Paranavaí terá movimento ainda maior nas próximas semanas. A expectativa é vender 100% a mais do que no mesmo período de 2019. Na primeira semana de abertura das lojas à noite, a empresa em que trabalha viu o número de clientes quase dobrar. “Muitas pessoas de fora estão vindo comprar com a gente.”
A gerente Adriana de Souza também tem boas perspectivas para este final de ano. A meta, disse, é crescer 50% na comparação com 2018. Ela confirmou o grande movimento de consumidores de outras cidades da região e destacou que o período que antecede o Natal é o de melhores resultados para o comércio.

agência dream