Paranavaí
Min. 16°C Max. 30°C
BRIGA PELA LIDERANÇA

Atl. Paranavaí deslancha na 2ª etapa e passa fácil pela Lusa

12/04/17 22:42:19 - Esporte > 2ª Divisão Paranaense
Atl. Paranavaí deslancha na 2ª etapa e passa fácil pela Lusa Atlético de Paranavaí vence e mantém invencibilidade na segundona

Com a vitória de 3x0 sobre a Portuguesa Londrinense, ontem à noite no Estádio Waldemiro Wagner, o Atlético de Paranavaí já assegurou, no mínimo, o segundo lugar na classificação desta primeira fase do Paranaense da 2ª Divisão.
O Vermelhinho buscava essa posição para fugir do confronto contra o Operário na segunda fase. O time de Ponta Grossa lidera a competição, dois pontos à frente do Vermelhinho.
Na segunda fase, os oito classificados serão divididos em dois grupos. O Grupo I terá o 1º, 4º, 5º e 8º colocados. No Grupo II estarão o 2º, 3º, 6º e 7º, que jogam em turno e returno. Os primeiros colocados de cada grupo vão decidir o título e sobem para a 1ª Divisão.
Na partida de ontem à noite, o Vermelhinho oscilou bastante, não jogando bem na primeira tempo, sendo muito lento. O desempenho mudou muito na segunda etapa, quando o time do técnico Rafael Andrade deslanchou e construiu a vitória com facilidade.
O time da Portuguesa de Londrinense não ofereceu risco. Mesmo com a equipe do Vermelhinho não jogando bem na primeira etapa, não teve preocupação com o adversário, que pouco fez em campo. O fraco desempenho da Lusa se repetiu na segunda etapa.
“CAMPANHA BOA NÃO ENTRA EM CAMPO” - O jogo no primeiro tempo não foi nada bom, mesmo porque faltou criação ao meio campo atleticano. Na saída do primeiro tempo, o goleiro Dida acusou falta de velocidade no time quando de posse da bola. Disse também que viu o time nervoso e talvez por isso pouco criou.
Mas a Portuguesa Londrinense também nada criou - o goleiro atleticano foi mero expectador. Dida deixou do primeiro tempo manifestando preocupação com o rendimento da equipe, a ponto de dizer que “campanha boa não entra em campo”.
O técnico Rafael Andrade voltou a surpreender: aos 20 minutos do 1º tempo tirou o estreante Ataíde e colocou Robinho. E o time melhorou.
O técnico reconheceu o fraco desempenho no primeiro tempo, pedindo velocidade nas jogadas para encontrar mais espaços no ataque. Disse que seu time estava “quebrando o ritmo” no primeiro tempo. 
ROBINHO COMANDA O TIME - A mão do técnico Rafael Andrade funcionou de novo. Robinho, que substituiu a Ataíde ainda no primeiro tempo, comandou a equipe na etapa complementar.
Logo a dois minutos do segundo tempo marcou o primeiro gol atleticano. Após troca de passes na entrada da área, Robinho chutou, rasteiro, fraco, e o goleiro aceitou.
O Vermelhinho voltou outro time depois do intervalo, sendo mais objetivo, atuando em velocidade, por isso teve muitas jogadas ofensivas - algumas poderiam ser melhor aproveitadas. “Acho que o placar poderia ter sido mais elástico”, disse Rafael Andrade.
Foi pelo lado direito que saiu a jogada do segundo gol atleticano. Aos 13 minutos, Chimbinha fez boa jogada e cruzou, encontrando o atacante Alessandro, que mandou para as redes.
O Vermelhinho fechou o placar de 3x0 aos 47 minutos, novamente com o predestinado Robinho, jogador que entrou aos 20 minutos do 1º tempo para comandar as ações do Vermelhinho. “Esse grupo é maravilhoso, tem muito a crescer”, reagiu Robinho ao final do jogo.

Joga em Ponta Grossa, domingo
A primeira fase da Segundona será encerrada no domingo, quando serão apontados os times classificados e os rebaixados. O jogo entre os dois melhores times parece ter sido reservado para esta última rodada e será em Ponta Grossa. 
O líder, e invicto, Operário recebe o também invicto Atlético de Paranavaí na briga pela liderança. Os dois times estão classificados e vão definir apenas a primeira posição. “Quem sabe seja a prévia de uma final, vamos lutar pela vitória”, frisou o técnico Rafael Andrade.

agência dream