O técnico Ney Franco, do São Paulo, disse que a reunião com o grupo, que selou o fim do atrito entre ele e o goleiro Rogério Ceni, durou " />
Paranavaí
Min. 23°C Max. 30°C
SÃO PAULO

"Durou cinco minutos", diz Ney Franco sobre reunião com Rogério

27/10/12 00:00:00 - Esporte > Brasileirão

O técnico Ney Franco, do São Paulo, disse que a reunião com o grupo, que selou o fim do atrito entre ele e o goleiro Rogério Ceni, durou cinco minutos.

"Foi uma reunião objetiva, sem lenga-lenga. Não durou mais do que cinco minutos. Tivemos três tópicos e todos já sabiam que este assunto seria abordado", afirmou. Assim como Rogério, o treinador usou elogios para falar que a polêmica já foi resolvida.

"Ele é um ótimo profissional e tem um bom caráter", continuou. Ney Franco acha, inclusive, que o goleiro tem todas as características para ser um bom técnico futuramente.

"Ele entende de tática e tem uma liderança. Lógico que precisa de prática", opinou. O comandante são-paulino afirmou que sempre ouviu a opinião de atletas.

"Quando fui campeão da Copa do Brasil pelo Flamengo, ouvia o Luisão [ex-atacante]. No Ipatinga, conversava com o Willian [ex-zagueiro]. Não vou mudar meu jeito de trabalhar. Estou há seis anos no futebol profissional e já ganhei alguns títulos", justificou.

Para Ney Franco, o episódio com Rogério não irá se repetir, pois ele deixou claro qual é a função de cada um no clube durante a reunião.

Atrito

O atrito entre Rogério e Ney Franco aconteceu na última quarta-feira, durante o jogo São Paulo e Liga de Loja, pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana. Na metade do segundo tempo, o goleiro pediu para o treinador colocar Cícero em campo.

O técnico não gostou da atitude do atleta. "Não aprovo. Acho que é cada um na sua. Se eu quisesse colocar o Cícero, teria o colocado sem problemas", afirmou após o duelo.

agência dream