Um dinâmico trabalho técnico, ontem, orientado por Edgardo Bauza, aproximou o Tricolor do clássico contra o Palmeiras que será disputado no " />
Paranavaí
Min. 23°C Max. 30°C
SÃO PAULO

Disputado trabalho técnico acirra “sadia rivalidade” do grupo

28/05/16 00:00:00 - Esporte > Brasileirão

Um dinâmico trabalho técnico, ontem, orientado por Edgardo Bauza, aproximou o Tricolor do clássico contra o Palmeiras que será disputado no domingo pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro de 2016. 
No Centro de Treinamento da Barra Funda, Patón calibrou a pontaria dos jogadores e fortaleceu o jogo aéreo do elenco. O treino desta manhã integrou todos os atletas à disposição do comandante e acirrou ainda mais a disputa interna o grupo, já que algumas sadias rivalidades elevaram o nível da atividade.
O atacante Jonathan Calleri, que se recupera de um desconforto muscular, deu sequência ao seu processo de condicionamento e trabalhou com o preparador físico Bruno Militano. O camisa 12 correu em volta do gramado e seguiu a programação da comissão técnica.
“Não estou seguro se ele jogará o clássico. Ele não treinou ainda, amanhã (sábado) será reavaliado, mas não creio que comece jogando”, avaliou o técnico Edgardo Bauza, que completou.
“Ele não tem lesão, está evoluindo bem, mas não acredito que terá condições de começar um jogo tão importante”, opinou o treinador. 
O São Paulo ocupa a décima colocação, com quatro pontos em três jogos, e terá pela frente um adversário que está no quarto lugar, com seis pontos.

agência dream