Paranavaí
Min. 22°C Max. 31°C
JORNAL ARGENTINO

“Patada criminosa e só deram amarelo”, diz jornal sobre lance com Felipe Melo

14/03/19 00:00:00 - Esporte > Futebol

SÃO PAULO - O volante Felipe Melo foi um dos personagens da vitória por 3 a 0 do Palmeiras sobre o Melgar, pela Libertadores. Em boa atuação, ele foi responsável por marcar o primeiro gol de sua equipe, mas quase foi expulso ainda na etapa inicial por conta de um carrinho por trás, que acabou punido só com cartão amarelo. Esse lance, aliás, chamou a atenção do jornal argentino Olé. 
Conhecido por adorar provocar os times e jogadores brasileiros, o diário descreveu a falta feita pelo camisa 30 como "criminosa" e se impressionou pelo fato do árbitro Mário Díaz de Vivar não ter mostrado vermelho direto ao meio-campista.
"O brasileiro foi com tudo contra um jogador do Melgar, só se lhe deram amarelo", escreveu o veículo, antes de descrever o lance mais detalhadamente.
"Na partida entre Palmeiras e Melgar pela Libertadores, Felipe Melo acertou uma patada criminosa. Foi aos 30 da primeira etapa, quando o time de São Paulo ganhava por 1 a 0. Arias estava escapando, e (Felipe Melo) o derrubou por trás com as duas pernas. Nem bem se levantou, ele já pediu perdão, e o árbitro deu o amarelo", salientou.
A falta violenta de Felipe Melo sobre Arias, aliás, suscitou muitas reclamações dos atletas do Melgar. Após o intervalo, na volta para o gramado do Allianz Parque, foi possível observar o experiente volante do Palmeiras conversando com o árbitro.
“Eu falei com o juiz. Ele disse que viu na televisão que era passível de cartão amarelo, enfim. Fiquei com um pouco de medo, digamos. Fui na volúpia de roubar a bola em um contra-ataque, mas, graças a Deus, ele viu o que aconteceu: apenas uma falta”, argumentou Melo, após a partida.
O técnico Luiz Felipe Scolari, por sua vez, achou que a advertência ficou de bom tamanho.
"Achei que foi uma falta forte, mas, para mim, o (cartão) amarelo era o correto naquele momento", afirmou, em sua coletiva após a partida.
Com seis pontos, o Palmeiras ocupa a liderança do grupo F e volta a campo para enfrentar o San Lorenzo às 19h15 (de Brasília) do dia 2 de abril, no Nuevo Gasometro.
Pela 11ª rodada do Campeonato Paulista, às 16h30 de sábado, o time alviverde pega o São Paulo, no Pacaembu. (ESPN)

agência dream