Paranavaí
Min. 18°C Max. 26°C
ANIVERSÁRIO

Nos seus 73 anos, Atlético de Paranavaí amarga participação na 2ª Divisão

14/03/19 00:00:00 - Esporte > Futebol

O Atlético Clube Paranavaí surgiu 7 anos antes da emancipação do município. E hoje, 14 de março de 2019, está completando 73 anos, com uma história repleta de participação no campeonato paranaense, mas a maior parte das temporadas na 2ª Divisão.
O time foi fundado em 1946, sendo um dos mais antigos do interior. Se sua participação é, na maioria das vezes, na Segundona, há uma estrela brilhando no seu escudo por conta do título de campeão paranaense da 1ª Divisão de 2007. 
E tem o vice-campeonato em 2003, quando o time fez um campeonato espetacular, perdendo apenas um jogo, o da decisão, para o Coritiba.
Comemorando seus 73 anos, o Vermelhinho está há seis anos na segunda divisão e vive problemas diversos nas últimas temporadas. Atualmente, tem na presidência, interinamente, o desportista Francisco Carneiro dos Santos Soares, 52 anos (é o presidente do Conselho Deliberativo e responde pela diretoria executiva).
“Para mim é uma grande honra estar à frente do time como presidente. Passamos por alguns tormentos nos últimos anos, mas para 2019 estamos indo com os pés no chão e se Deus quiser teremos uma equipe competitiva. E pelo visto as coisas na administração estão indo muito bem, isso nos encoraja”, afirmou o dirigente.
A partir de 7 de abril o time estreia novamente no Estadual da 2ª Divisão e terá no comando técnico Marcos Melo e Adriano Canaã como gerente de futebol, sócios da empresa M10 Brasil, que será a parceira do clube neste campeonato. 
Dois desportistas da cidade de Terra Rica - Bi Cunha e José Carlos - farão parte da gestão, informa o presidente, acrescentando que o prefeito Carlos Henrique Rossato Gomes (Caique) vai ajudar. 
“O prefeito de Paranavaí vai na frente, abrindo as porteiras, e o resto vai atrás angariando os patrocínios”, frisa Francisco Carneiro, que chegou em Paranavaí em 1992, quando o Vermelhinho foi campeão paranaense da chamada Divisão Intermediária.
“Hoje eu respondo pela presidência do clube. Quando jogaram os documentos em cima da mesa e falaram que quem quisesse assumir, que assumisse, os dois loucos foram eu e a Leila (Lucas de Lima). Tenho mandado até 2021”, afirmou Carneiro. Leila Lima era a presidente, mas renunciou ao mandato, cargo ocupado por Carneiro.

agência dream