Paranavaí
Min. 16°C Max. 27°C
CORINTHIANS

Danilo Avelar: “Precisava de um tempo para melhorar”

07/05/19 00:00:00 - Esporte > Futebol
Danilo Avelar: “Precisava de um tempo para melhorar” Danilo Avelar: 201CAcredito que com essa semana boa de trabalho, estarei pronto201D Foto: Agência Corinthians

SÃO PAULO – Os jogadores do Corinthians se reapresentaram ontem após o empate com o Vasco pelo Brasileirão. A atividade do dia foi um jogo-treino contra o Sub-23, que terminou com vitória dos profissionais por 2 a 0. Depois do trabalho, o lateral esquerdo Danilo Avelar concedeu entrevista e falou sobre o seu retorno.
“Tive uma lesão no passado e você sempre precisa ter reforço muscular. Na reta final do Paulista foram muitos jogos decisivos e não tive tempo de reforçar os músculos. Não era nada que me limitava, mas tive uma conversa com o estafe para fortalecer. Era o momento ideal, começo de campeonato, aproveitei essa etapa para melhorar a tonificação muscular e não ter problema futuramente”, disse o jogador, que participou do jogo-treino. 
“Acredito que com essa semana boa de trabalho estarei pronto para a partida (contra o Grêmio). Precisava de um tempo para melhorar aprimorar aspectos físicos. Me sinto bem”, prosseguiu o lateral.
O próximo compromisso do Corinthians acontece sábado (11), às 19h, contra o Grêmio pelo Campeonato Brasileiro de 2019. O Timão recebe a equipe gaúcha na Arena Corinthians. Danilo Avelar valorizou a semana cheia para treinamentos.
"É difícil ter semana cheia assim, é bom para dar ritmo a quem não joga há muito tempo, como é meu caso. O jogo-treino é importantíssimo, até para o treinador avaliar quem não costuma jogar. É importante para o atleta e para a comissão", falou.
Antes de finalizar, o lateral também comentou o início do Corinthians no Campeonato Brasileiro.
“O Brasileiro é um dos campeonatos mais difíceis do mundo. Tem times que oferecem surpresas, não dá para escolher qual jogo você considera difícil ou não”, declarou. 
“Todo mundo sabe e quer ter um desempenho regular. Sabemos que podemos melhorar e que não estamos na melhor performance. É natural, viemos de outro campeonato, temos que nos adaptar a outros times. Você pega o exemplo do Grêmio que teve um começo de ano perfeito e oscilou nas três primeiras rodadas. É normal ter uma quebra de ritmo, mas não pode deixar isso por muito tempo”, completou o camisa 35.

agência dream