Paranavaí
Min. 18°C Max. 26°C
DESOCUPAÇÃO

Presidente do ACP fala sobre futuro do clube após a entrega das chaves do estádio

05/09/19 00:00:00 - Esporte > Futebol

No dia 2 de setembro o prefeito de Paranavaí, Carlos Henrique Rossato Gomes (KIQ), através de notificação extrajudicial, solicitou que o Atlético Clube Paranavaí desocupasse o Estádio Waldemiro Wagner, no prazo de 24 horas.
Na terça-feira, 3, o presidente da equipe Francisco Carneiro dos Santos Soares fez a entrega das chaves do estádio a um representante da Secretaria de Esportes de Paranavaí.
Os móveis e outros utensílios deverão ser retirados o mais breve possível (têm camas, colchões, sofás, geladeiras, armários, cofre, material de treino).
Antes de terminar o Campeonato Sub-19 em 15 de agosto, Francisco foi chamado para assinar um termo de compromisso se responsabilizando por algumas despesas. Não assinou. Em seguida foram cortados fornecimentos de água, internet e energia elétrica. “Terminamos a competição com água de uma mina que existe no Estádio”.
Ele conta que foi até a Prefeitura e fez um oficio solicitando o uso precário que tinha sido oferecido anteriormente. Então, diz o presidente, o secretário de Esportes afirmou que estava elaborando o documento para firmar tal compromisso. “Fiquei aguardando e, de repente, chega essa notificação”, detalhou.
Ele comenta ainda que pretendia cuidar do campo até o final deste ano. O campeonato Sub-19 começa em março de 2020, enquanto a Terceira Divisão de futebol profissional terá início em agosto. 
Ele recorda ainda que da outra vez que foi solicitada a devolução do estádio (em junho), foi concedido que usassem apenas o campo. “Eu ainda não sei como ficará, o futuro a Deus pertence”, cita.
O presidente admite, inclusive, deixar o comando do ACP. “Temos que aguardar para ver o que fazer. Quem sabe aparece alguém que queira dirigir o clube. Sem problemas, passamos a documentação. O presidente não descarta um pedido de licença por parte do ACP antes do arbitral da 3ª Divisão.

agência dream