Paranavaí
Min. 21°C Max. 37°C
BRASILEIRO

"Herdeiro" de Messi, Neymar pode marcar centésimo gol no Barcelona

12/03/17 00:00:00 - Esporte > Internacional

Quando Neymar renovou contrato com o Barcelona até 2021, no ano passado, ficou determinado que a multa rescisória do jogador brasileiro, a partir de 2018, será de 241 milhões de euros (R$ 809,4 milhões em valores atuais).
A data escolhida pela diretoria do clube espanhol não aconteceu por acaso.
É quando os cartolas acreditam que começará a passagem do bastão: de Lionel Messi para Neymar.
Neste domingo (12), às 12h15, a dupla estará em campo pelo Barcelona contra o Deportivo La Coruña, pela 27ª rodada do Espanhol.
Com um jogo a mais em relação ao Real Madrid, a equipe catalã é líder do torneio, com 60 pontos, contra 59 do arquirrival merengue.
A partida acontece quatro dias após o brasileiro ter elevado seu futebol a um diferente patamar.
Na quarta-feira (8), em 549 segundos, ele fez o Barcelona virar o confronto com o Paris Saint-Germain, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões. Anotou dois gols e deu passe para Sergi Roberto fechar a goleada por 6 a 1.
"Foi o melhor jogo da minha vida", disse o atacante revelado no Santos. "Estou em um momento muito bom. Um time como o Barcelona pode virar qualquer partida."
Pode ficar marcado como a noite em que se desprendeu da sombra do seu ídolo Messi, cinco vezes eleito o melhor do mundo e já no panteão de um dos maiores jogadores de todos os tempos.
Neymar assumiu dois papéis que seriam do argentino nos minutos finais contra o PSG. Acertou falta no ângulo, quando a eliminação do Barcelona do torneio parecia selada, e cobrou pênalti sofrido pelo uruguaio Suárez.
Diante do La Coruña, ele pode atingir a marca dos 100 gols pelo clube a que chegou em 2013. Ele entra em campo com 99 marcados.
EM BUSCA DO NÚMERO 1 - Se o Barcelona mantiver a reação e conquistar o título da Liga dos Campeões, Neymar se torna candidato a ter sucesso em uma missão em que todos falharam desde 2007: quebrar o duopólio de Lionel Messi e Cristiano Ronaldo no prêmio de melhor do mundo da Fifa.
Desde 2007, quando Kaká foi o escolhido, o primeiro lugar fica com o português ou o argentino. No início deste ano, quando Cristiano Ronaldo foi escolhido pela quarta vez, Neymar nem conseguiu chegar entre os três finalistas.
Com 6,23% dos votos, terminou na quarta colocação. Ficou atrás também do francês Antoine Griezmann, do Atlético de Madri.

Esporte

MÁ FASE

Lateral Marcelo pode deixar o Real Madrid

BARCELONA

Lesão de Arthur pode ser “a salvação” para Coutinho, diz jornal

MAIOR SALÁRIO

Los Angeles Galaxy quer Ibrahimovic

MUNDIAL DE CLUBES

Colombianos elogiam Kashima, lamentam derrota e lembram: "Futebol não acaba aqui"

TECNOLOGIA

Facebook lança plataforma para debater partidas esportivas no site

FIFA

Marin consegue prorrogar prazo para apresentar garantia à Justiça

TÊNIS-MASCULINO

Djokovic revela que já recebeu oferta de R$ 800 mil para entregar jogo

TÊNIS-AUSTRÁLIA

Bruno Soares vence primeiro torneio ao lado de irmão de Andy Murray

TÓQUIO-2020

Relatório aponta indício de compra de votos para Japão sediar Jogos de 2020

FUTEBOL-ESPANHOL

Fifa proíbe Real e Atlético de Madri de fazer contratações por um ano

ELIMINATÓRIAS

Fifa multa Argentina e Chile por cantos homofóbicos

JUSTIÇA/ESPANHA

Neymar é intimado a depor como réu em investigação sobre transferência

GOL MAIS BONITO

Com pulseira da Bola de Ouro e terno do ex-jogador Neto, Lira chega ao Brasil

DENÚNCIAS

Em meio a escândalo, Fifa demite Valcke

DENÚNCIAS

Fifa informa motivos da suspensão a Blatter e Platini, que podem recorrer

CAMPEONATO ESPANHOL

Zidane comanda primeiro treino no Real diante de 6 mil torcedores

TÊNIS

Wimbledon anuncia premiação recorde de R$ 117 mi

NBA

Time de Splitter vence e lidera confronto nos playoffs

EUROPA

Thiago Silva desfalca o PSG contra o Barça

REAL X ATLÉTICO

Simeone pode se tornar o 1º técnico sul-americano a conquistar o título europeu

agência dream