Faz três semanas que o São Paulo se preocupa exclusivamente com a partida de hoje.
Exatos 21 dias depois de perder para o Arsenal de Sarandí na Argentina, " />
Paranavaí
Min. 20°C Max. 35°C
TRICOLOR

São Paulo decide futuro na Libertadores

04/04/13 00:00:00 - Esporte > Libertadores
São Paulo decide futuro na Libertadores Ganso, meia do time do São Paulo - Foto: Rubens Chiri/SPFC

Faz três semanas que o São Paulo se preocupa exclusivamente com a partida de hoje.
Exatos 21 dias depois de perder para o Arsenal de Sarandí na Argentina, o clube brasileiro faz o confronto que ele mesmo classifica como a decisão do seu futuro na Libertadores.
Uma vitória sobre o Strongest, em La Paz, pode até representar uma classificação praticamente assegurada com uma rodada de antecipação - se o Atlético-MG bater o Arsenal. Mas a derrota na Bolívia pode deixar o time à beira de uma eliminação.
Nesse caso, vencer o duelo brasileiro com o Atlético-MG só valeria a vaga se combinado com um resultado favorável no confronto entre as outras equipes do Grupo 3.
"O grupo todo, a diretoria, a comissão técnica, estão todos mobilizados para um jogo que pode definir nossa classificação. É decisão", afirmou o técnico Ney Franco.
O foco total na partida de hoje fez com que as quatro vitórias consecutivas do time no Paulista após o mais recente tropeço na Libertadores e a boa atuação apesar da derrota no clássico com o Corinthians ficassem completamente em segundo plano.
Por outro lado, as tensões se sucederam e cresceram nas últimas três semanas.
Primeiro, imediatamente após a queda ante o Arsenal na Argentina, houve pressão para que Ney fosse demitido.
Depois, o zagueiro Lúcio, desfalque hoje e ex-capitão da seleção, reclamou por ter sido substituído e acabou punido com a ida para o banco.
Houve ainda as demonstrações públicas de incômodo de Luis Fabiano. Criticado por alguns torcedores e conselheiros do clube, ele lembrou que negou proposta do Corinthians antes de acertar seu retorno ao São Paulo.
Hoje, o centroavante será desfalque. Ele cumprirá o segundo dos quatro jogos da suspensão por uma expulsão após o apito final no primeiro jogo contra o Arsenal. O clube até tentou apelar para reduzir a punição, mas a Conmebol rejeitou o recurso.
O lugar de Luis Fabiano será ocupado por Aloísio, que segundo Ney venceu a disputa pela vaga com Wallyson.
A novidade positiva para o São Paulo é que Rogério, que era dúvida devido a dores no pé direito, viajou com o restante da delegação para a Bolívia. Ele ainda será reavaliado, mas deve iniciar o jogo.
THE STRONGEST X SÃO PAULO. Estádio: Hernando Siles, em La Paz (BOL). Horário: 21h30. Árbitro: Victor Carrillo (PER)

agência dream