Em menos de seis horas, a Conmebol divulgou duas versões completamente diferentes da tabela das oitavas de final da Libertadores-2013.

Para atender" />
Paranavaí
Min. 20°C Max. 36°C
PALMEIRAS

Por emissoras e Palmeiras, Conmebol altera sua tabela

20/04/13 00:00:00 - Esporte > Libertadores

Em menos de seis horas, a Conmebol divulgou duas versões completamente diferentes da tabela das oitavas de final da Libertadores-2013.

Para atender a pedido do Palmeiras e solicitações de emissoras de televisão, a confederação publicou pouco antes das 17h30 (de Brasília) uma reforma completa nas datas dos jogos, disponíveis no site do órgão em matéria com horário de 10h30 (11h30, na capital brasileira).

A entidade decidiu até estender em uma semana a duração desta primeira rodada dos mata-matas decisivos.

Foi a solução encontrada para resolver a briga dos canais donos dos direitos de transmissão da Libertadores no Brasil: Globo (TV aberta) e Fox Sports (por assinatura).

A Fox não queria que as partidas Boca Juniors x Corinthians e São Paulo x Atlético-MG, inicialmente marcadas para 1º de maio, acontecessem ao mesmo tempo.

A solução era aproveitar o feriado e realizar o confronto entre brasileiros, no Morumbi, à tarde. Solução que desagradou à Globo, que, por contrato, seria proibida de transmitir o jogo do São Paulo.

Para agradar as duas emissoras, a Conmebol estendeu as oitavas de final em uma semana, o que permitiu que os dois confrontos de volta sejam disputados em quartas-feiras diferentes, na noite do futebol na Globo: Atlético-MG x São Paulo (8 de maio) e Corinthians x Boca (15 de maio).

Quanto aos confrontos de ida, apenas o do Corinthians permaneceu na data inicial. O jogo do São Paulo foi alterado para 2 de maio, quinta-feira, provavelmente sem transmissão da Globo.

O Palmeiras também pediu à confederação sul-americana para ter sua sequência no torneio alterada. A partida de ida contra o Tijuana, na fronteira entre México e EUA, foi adiada do próximo dia 25, como indicava a primeira tabela, para o dia 30.

"Além do tempo exíguo para a retirada de vistos e a desgastante viagem [de até 17 horas] antes de um jogo importante, não gostaríamos que nossos atletas perdessem a oportunidade de atuar por seus países [Brasil e Chile se enfrentam no dia 24]", disse o presidente Paulo Nobre.

Após jogar na quinta, o Palmeiras só chegaria ao Brasil no sábado. No dia seguinte, já teria outro jogo decisivo, pela quartas do Paulista.

Com o adiamento da partida da Libertadores, o clube pedirá à Federação Paulista de Futebol para disputar a partida do mata-mata no sábado. E pode viajar já na madrugada de domingo para o México. Assim, chegaria a Tijuana a quase 48 horas do jogo, marcado para terça.

agência dream