Policiais militares prenderam uma mulher acusada de fazer boca de urna no Colégio Estadual Marins Alves de Camargo, em Paranavaí. Ela tem 30 anos e tenta" />
Paranavaí
Min. 18°C Max. 35°C
ELEIÇÃO

Polícia prende mulher por fazer boca de urna em Paranavaí

02/10/16 18:12:50 - Paranavaí > Eleições
Polícia prende mulher por fazer boca de urna em Paranavaí Eleições-municipais-02-10-Robson-(12).jpg

Policiais militares prenderam uma mulher acusada de fazer boca de urna no Colégio Estadual Marins Alves de Camargo, em Paranavaí. Ela tem 30 anos e tentava entregar um papel  (cola) com o número de candidato a vereador. 
Trabalhando como cabo eleitoral, a mulher foi encaminhada para a Delegacia onde assinou Termo Circunstanciado (Tecip) para crimes de menor potencial ostensivo. A acusada terá que se apresentar na Justiça Eleitoral no dia 9 de novembro. 
Ouvida na delegacia, ela negou que estivesse fazendo boca de urna. Sua versão é que o eleitor pediu o número do candidato e ela teria atendido a solicitação, desconhecendo o eleitor. Ela foi liberada em seguida
BALANÇO REGIÃO - De acordo com balanço parcial divulgado pela Polícia Militar, durante todo o dia deste domingo (2) houve o encaminhamento de duas pessoas para a Delegacia de Paraíso do Norte, uma em Terra Rica e uma em Uniflor, todas acusadas de fazer boca de urna. Um eleitor foi preso em Nova Esperança por promover desordem, prejudicando as eleições.
Outras quatro ocorrências foram registradas na região, porém, não foi configurado crime. Um em Inajá, duas em Nova Esperança e uma em Paranacity. No total parcial a PM atendeu 10 ocorrências relacionadas a eleição.

Imagens da movimentação neste domingo em Paranavaí
 
 
 

diario do noroeste
agência dream