Reivindicação da população, a Prefeitura encaminhou na última sexta-feira (26) o Projeto de Lei nº 056/2016 que visa controlar os ruí" />
Paranavaí
Min. 15°C Max. 29°C
MEIO AMBIENTE

Prefeitura encaminha Projeto de Lei sobre ruídos urbanos à Câmara dos Vereadores

30/08/16 00:00:00 - Paranavaí > Local

Reivindicação da população, a Prefeitura encaminhou na última sexta-feira (26) o Projeto de Lei nº 056/2016 que visa controlar os ruídos urbanos, proteger o bem-estar e o sossego público, proibindo sons, ruídos e vibrações excessivos que causem incômodos de qualquer natureza, produzidos por qualquer forma ou que ultrapassem os limites fixados em lei.
“Esta lei foi encaminhada ao meu pedido, pois comerciantes, profissionais e grande parte da população, no centro ou nos bairros, reclamaram de som alto, inclusive tendo ocorrências policiais. Era aplicada a regulação nacional, mas agora teremos regras locais, baseadas também no que se aplica nacionalmente. Queremos evitar perturbações da ordem pública, e esta é mais uma contribuição que esta administração deixa para a cidade de Paranavaí”, ressaltou o prefeito Rogério Lorenzetti.
A emissão de ruídos, sons e vibrações provenientes de fontes fixas no Município obedecerá aos seguintes níveis máximos fixados para suas respectivas emissões, medidas nos locais do suposto incômodo: I - em período diurno: 70 decibéis; II - em período vespertino: 60 decibéis; e III - em período noturno: 50 decibéis.
Segundo o Procurador-Geral, Antônio Homero, “deverão dispor de proteção, de instalação ou de meios adequados ao isolamento acústico que não permitam a propagação de ruídos, sons e vibrações acima do permitido para o exterior, os estabelecimentos e atividades efetivas ou potencialmente poluidoras, tais como: estabelecimentos recreativos, culturais, educacionais, filantrópicos, industriais, comerciais ou de prestação de serviços; estabelecimentos nos quais seja executada música ao vivo ou mecânica; e espaços destinados ao funcionamento de máquinas ou equipamentos”, explicou.
MULTAS - As pessoas físicas e jurídicas, de direito público ou privado, que infringirem qualquer dispositivo desta lei, seus regulamentos e demais normas dela decorrentes, ficam sujeitas às seguintes sanções, independente da obrigação de cessar a transgressão: I - advertência com notificação por escrito; II - multa simples; III - multa diária; IV - cassação do Alvará de Funcionamento e da Licença; V - embargo; VI - interdição parcial ou total, até a correção das irregularidades; VII - perda ou restrição de incentivos e benefícios fiscais concedidos pelo Município. Multas: Leve - R$ 500,00; Média - R$ 700,00; Grave - R$ 1.120,00; Gravíssima - R$ 2.240,00.
FISCALIZAÇÃO - Os fiscais ou técnicos da Secretaria do Meio Ambiente promoverão a fiscalização de forma programada ou por atendimento à reclamações de munícipes, dos empreendimentos e atividades que, por sua natureza, sejam fontes de poluição sonora. Os fiscais, no exercício da ação fiscalizadora, têm a entrada franqueada nas dependências da fonte poluidora, onde podem permanecer pelo tempo que se fizer necessário. Caso seja necessário, os técnicos ou fiscais poderão solicitar o auxílio das autoridades policiais para a execução da medida ordenada.

Paranavaí

DIVERSÃO

Mais de 8 mil pessoas passaram pelo 1º Flashback na Praça neste domingo

SAÚDE ANIMAL

Município abre consulta pública para uso do "Castramóvel”

NOROESTE DO PARANÁ

Casos de raiva em rebanhos da região não causaram prejuízos comerciais

PARANAVAÍ

Policial Militar Jeferson Luiz Cattelan assume a Seprovpat

EPHRAIM MARQUES MACHADO

Corpo do pioneiro das comunicações de Paranavaí foi sepultado ontem

PARANAVAÍ

Inscrições do Processo Seletivo para a contratação de médicos vão até dia 26

DEBATE

Projeto de Lei quer proibir uso de fogos de artifício com estampido

ATÉ 21 DE JANEIRO

Meninas de 17 a 25 anos podem se inscrever no Concurso Rainha da ExpoParanavaí 2020

IGREJA CATÓLICA

Paróquia São Sebastião celebra o padroeiro de Paranavaí

SERVIÇO

Prefeito encaminha à Câmara projeto de lei que aumenta multa para terrenos com mato alto

IPTU

Prazos para pedir revisão e isenção vão até abril e maio

IPTU 2020

Prazo para pagar IPTU 2020 com 10% de desconto vai até 17 de janeiro

ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL

Prefeito de Paranavaí avalia 2019 e fala dos planos para o próximo ano

BOSQUE

Guarda Municipal vai atuar diariamente no Bosque

IPTU 2020

Prazo para pagar com 10% de desconto vai até 17 de janeiro

PARANAVAÍ

Comércio, bancos e repartições públicas terão expedientes diferenciados na próxima semana

ECONOMIA

Vendas no comércio de Paranavaí cresceram abaixo do esperado: 2,4%

67 ANOS

Aniversário foi comemorado em grande estilo no aeroporto

CHEGADA DO PAPAI NOEL

Mais de 10 mil pessoas passaram pela Praça dos Pioneiros

INSTITUTO

Cantata de Natal do Centro do Idoso terá música instrumental e 4 corais

agência dream