Paranavaí
Min. 13°C Max. 25°C
LADRÃO APANHA

Homem reage, luta e segura o ladrão. Era foragido da justiça

29/06/17 10:02:30 - Paranavaí > Local
Homem reage, luta e segura o ladrão. Era foragido da justiça O delegado Luís Carlos Mânica orienta sobre como agir durante assalto Foto: Robson Fracaroli

“Perdeu, perdeu. Entrega a moto”. Assim começou a desastrada tentativa de roubo por dois rapazes, na noite de anteontem, em Paranavaí. O motociclista de 51 anos reagiu e entrou em luta com os bandidos.
Aliás, o motociclista reagiu duas vezes.
Primeiro, quando do roubo, com os ladrões empreendendo fuga, depois, ambos foram localizados pela vítima, e nova luta aconteceu. Um dos ladrões fugiu e o outro foi seguro até a chegada da polícia.
Na Delegacia, uma surpresa: o ladrão é foragido da Colônia Penal Industrial de Maringá (CPIM). E mais: Confessou que deu “graças a Deus” ao ver a viatura da PM chegando, porque poderia ser agredido ainda mais.
O ladrão foi autuado por tentativa de roubo e ainda vai voltar ao sistema prisional.
A tentativa de roubo aconteceu por volta das 20h, no Jardim Ipê. O ladrão estava a pé, acompanhado de um comparsa, que fugiu. Eles abordaram a vítima que tinha ido buscar o filho no trabalho.
O motociclista disse que um dos criminosos estava armado, mesmo assim começou a lutar. Os dois bandidos saíram correndo. Junto com o filho, o motociclista encontrou um dos ladrões e novamente entrou em luta corporal, segurando o bandido até a chegada da PM.
Com o ladrão foi apreendida uma garrucha (arma antiga) de dois canos, calibre 22. A arma tinha duas munições intactas.
Na briga, o motociclista sofreu ferimentos no nariz e no cotovelo esquerdo. O ladrão também apresentava escoriações. A polícia agora tenta identificar o outro ladrão.
NÃO É RECOMENDADO - A atitude de reagir ao assalto não é a recomendada pelas autoridades policiais. Para o delegado Luís Carlos Mânica, chefe da 8ª Subdivisão Policial de Paranavaí, ao ser vítima de assalto a pessoa não deve tentar fugir, correndo ou acelerando moto ou carro. “Isso pode fazer o marginal disparar na direção da pessoa”.
O delegado orienta que as pessoa não façam movimentos bruscos porque o criminoso pode interpretar como uma reação. “O melhor é seguir as determinações do bandido. Se tiver que realizar movimento com as mãos avise verbalmente para que o criminoso não leve um susto e acabe acionando o gatilho do revólver. A vítima tem que pensar em sua integridade”, concluiu Mânica.

Paranavaí

OPORTUNIDADE

Prefeitura de Paranavaí tem 21 vagas de estágio

EM AGOSTO

Noroeste do Paraná terá nove representantes em Conferência Estadual de Segurança Alimentar

EMPREGO

Semana começa com 61 vagas na Agência do Trabalhador

TEMPO E TEMPERATURA

Semana de muitas nuvens em Paranavaí

FESTIVAL DE CINEMA

“Amor à segunda vista” tem exibição gratuita em Paranavaí

NOROESTE DO PARANÁ

Situação da gripe revela importância de adotar medidas preventivas

MOBILIZAÇÃO

Concurso de Desenho sobre enfrentamento das violências recebeu 51 inscrições

EDUCAÇÃO

Estão abertas as inscrições para o Vestibular Unespar

SESC DE PARANAVAÍ

Festival de cinema francês segue com programação durante toda a semana

EDUCAÇÃO

Instituto Federal conquista primeiro lugar do ENEM em Paranavaí

AGÊNCIA DO TRABALHADOR

Paranavaí abrirá a semana com 77 vagas de emprego

OPORTUNIDADE

MasterHair traz especialistas em beleza a Paranavaí

FIQUE ATENTO

Prazo de inscrição de projetos para o Edital de Apoio à Cultura termina na segunda

CULTURA

Hoje tem Rock na Praça Paranavaí

PARANAVAÍ

Temperaturas de até 30 graus e céu com muitas nuvens no fim de semana

PARANAVAÍ

Termina hoje o bazar beneficente em prol da Apae

PARANAVAÍ

LIRA aponta índice de 1,6 e médio risco de infestação do mosquito da dengue

EXPOPARANAVAÍ

Evento terá aplicativo a partir da próxima edição

INVERNO/ALERTA

Uso de equipamentos a gás exige cuidados especiais

PARANAVAÍ

Inscrições para o Casamento Civil Coletivo vão até o dia 2 de agosto

diario do noroeste
agência dream