Paranavaí
Min. 20°C Max. 30°C
MÁRIO FAVA (1907-2000)

Ex-paranavaiense, um dos heróis da Carretera Panamericana

01/10/17 00:00:00 - Paranavaí > Local
Ex-paranavaiense, um dos heróis da Carretera Panamericana Ex-paranavaiense Mário Fava, em 1998

(parte 1)
Muitos paranavaienses certamente conheceram o mecânico Giuseppe Mário Fava, que tinha uma oficina nas proximidades da atual concessionária Volkswagen, em Paranavaí, na década de 70, e o irmão uma borracharia.
Mas poucos devem conhecer a sua história de heroísmo, ao lado de outros dois companheiros, enaltecida até pelo inventor dos veículos Ford, o industrial Henry Ford.
O trio de heróis foi homenageado até pelo presidente Franklin Delano Roosevelt, dos Estados Unidos, por Getúlio Vargas, do Brasil, e recentemente post mortem pelo presidente Michel Temer.
Pois é. No domingo passado (24/09), a Rede Record apresentou no programa Domingo Espetacular uma reportagem em que focalizou a grande aventura realizada no início do século passado por três jovens idealistas (Fava tinha então 21 anos de idade).
A reportagem da Record entrevistou o empresário e escritor Beto Braga, que escreveu o livro “O Brasil através das três Américas”, com base no diário da histórica façanha.
Paranavaienses que assistiram ao programa e que conheceram Mário Fava - como Fernando Simonetti - se emocionaram e trouxeram algumas informações ao Diário do Noroeste.
A história dos três pioneiros é realmente empolgante, mas nunca chegou a ser reconhecida como deveria e mesmo quando residiu em Paranavaí, Fava certamente pouco foi ouvido sobre sua extraordinária aventura.
O roteiro da viagem tinha a ideia de lançar uma rodovia ligando as três Américas em uma época em que o automóvel era novidade. A viagem durou dez anos e a equipe do Domingo Espetacular da Rede Record mostrou quem foram os pioneiros dessa aventura e a luta para colocar a façanha na história do Brasil.
A jornalista Luciana Garbin, em “A aventura desconhecida de três brasileiros pelas Américas”, produziu uma série de reportagens para o jornal O Estado de S. Paulo.
Também como copatrocinador da viagem que visava ajudar a fazer o desenho da rodovia Transamericana, o jornal O Globo do Rio registrou a viagem, na época. Um dos carros foi patrocinado pelo Jornal do Comércio de S. Paulo.
Entre 1928 e 1938, os três brasileiros desbravaram 27.631 quilômetros de estradas, picadas, matas, rios e riachos de 15 países nas três Américas, incluindo a Cordilheira dos Andes e a Floresta Amazônica.
Em dois Fords T, Leônidas Borges de Oliveira, Francisco Lopes da Cruz e Giuseppe Mario Fava foram do Rio de Janeiro a Nova York com uma missão: fazer o projeto para a Estrada Pan-Americana.
Boa parte do caminho foi aberta a pás, picaretas e bananas de dinamite. Pelas cidades, os expedicionários eram tratados como visitas ilustres.
Nos Estados Unidos, ponto final da expedição, foram recebidos pelo então presidente Franklin Delano Roosevelt na Casa Branca, reuniram-se com o lendário Henry Ford, em Detroit, e receberam permissão para dirigir pelos Estados Unidos do “intocável” Eliot Ness, o homem que prendeu o lendário mafioso Al Capone.

EX-PARANAVAIENSE MÁRIO FAVA - Depois da viagem que durou dez anos, Mário Fava retornou com os companheiros ao Brasil e na década de 50 foi para o local da futura capital brasileira em Goiás – Brasília – onde ajudou a fazer as primeiras patrolagens, pilotando um trator de esteira. Seus pais e irmãos disseram que ele viajou depois para o interior do Paraná. Na verdade, veio para Paranavaí onde já morava seu irmão.
Giuseppe Mário Fava nasceu em Bariri, em 1907, filho de imigrantes italianos. Habilidoso mecânico, em 1928 viveu a grande aventura integrando a equipe da Expedição Brasileira para a construção da estrada que interligaria as três Américas: a Carretera Panamericana em citação espanhola.
Seu conhecimento como mecânico foi ponto determinante para o sucesso da viagem. Ajudou a abrir a estrada Belém-Brasília e a fundar várias cidades no estado de Goiás.
Em fins da década de 60 foi o pioneiro no ramo de recauchutagem de pneus na cidade de Paranavaí, no Paraná, como diz sua biografia divulgada em Barueri por ocasião da inauguração do Museu Histórico de Barueri Mário Fava e o Centro de Educação Cultural e de Exposição Mário Fava. Faleceu no dia 10 de janeiro de 2000, com 93 anos, em uma visita à cidade do Rio de Janeiro.
Esta espetacular história foi contada em dois livros: “Eu não sabia que era tão longe”, do escritor baririense Osni Ferrari e “O Brasil Através das Três Américas”, do escritor Beto Braga. As obras encontram-se disponíveis na Biblioteca Municipal de Barueri para leitura e retirada. (Texto: SB)
(Na próxima edição - Missão: elaborar traçado da Rodovia Pan-Americana).

Paranavaí

DIVERSÃO

Mais de 8 mil pessoas passaram pelo 1º Flashback na Praça neste domingo

SAÚDE ANIMAL

Município abre consulta pública para uso do "Castramóvel”

NOROESTE DO PARANÁ

Casos de raiva em rebanhos da região não causaram prejuízos comerciais

PARANAVAÍ

Policial Militar Jeferson Luiz Cattelan assume a Seprovpat

EPHRAIM MARQUES MACHADO

Corpo do pioneiro das comunicações de Paranavaí foi sepultado ontem

PARANAVAÍ

Inscrições do Processo Seletivo para a contratação de médicos vão até dia 26

DEBATE

Projeto de Lei quer proibir uso de fogos de artifício com estampido

ATÉ 21 DE JANEIRO

Meninas de 17 a 25 anos podem se inscrever no Concurso Rainha da ExpoParanavaí 2020

IGREJA CATÓLICA

Paróquia São Sebastião celebra o padroeiro de Paranavaí

SERVIÇO

Prefeito encaminha à Câmara projeto de lei que aumenta multa para terrenos com mato alto

IPTU

Prazos para pedir revisão e isenção vão até abril e maio

IPTU 2020

Prazo para pagar IPTU 2020 com 10% de desconto vai até 17 de janeiro

ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL

Prefeito de Paranavaí avalia 2019 e fala dos planos para o próximo ano

BOSQUE

Guarda Municipal vai atuar diariamente no Bosque

IPTU 2020

Prazo para pagar com 10% de desconto vai até 17 de janeiro

PARANAVAÍ

Comércio, bancos e repartições públicas terão expedientes diferenciados na próxima semana

ECONOMIA

Vendas no comércio de Paranavaí cresceram abaixo do esperado: 2,4%

67 ANOS

Aniversário foi comemorado em grande estilo no aeroporto

CHEGADA DO PAPAI NOEL

Mais de 10 mil pessoas passaram pela Praça dos Pioneiros

INSTITUTO

Cantata de Natal do Centro do Idoso terá música instrumental e 4 corais

agência dream