Paranavaí
Min. 13°C Max. 25°C
PARANAVAÍ

Condenações da Operação Celeno ultrapassam 550 anos de reclusão

14/07/18 00:00:00 - Paranavaí > Local
Condenações da Operação Celeno ultrapassam 550 anos de reclusão Duas aeronaves usadas pela organização criminosa estão na Delegacia de Paranavaí Foto: Fabiano Vaz Fracarolli

Em decorrência das denúncias apresentadas pelo Ministério Público Federal em Paranavaí no âmbito da Operação Celeno, a Justiça Federal já condenou até o momento 50 pessoas a um total de 553 anos de reclusão. Entre eles líderes de quatro grandes organizações criminosas envolvidas no maior esquema de importação de anabolizantes e eletrônicos por meio aéreo já realizado no Brasil.
Também já foram decretados em razão dos crimes praticados o perdimento de 12 aeronaves, 63 automóveis e 26 imóveis, além de quantias em dinheiro, joias, eletrônicos e de cavalos de raça, estipulando como valor mínimo para reparação de danos à União o total de R$ 116.358.000,00.
PARANAVAÍ - Em 26 de outubro de 2015 o caso ganhou repercussão nacional quando uma das aeronaves foi forçada a pousar no Aeroporto Edu Chaves, em Paranavaí, depois de ser alvejada pela Força Aérea Brasileira (FAB), quando retornava ao Paraguai.
Outra aeronave da organização criminosa também foi apreendida em uma propriedade rural de Amaporã. Na ocasião o avião estava escondido em um canavial e sem uma das asas. A peça foi encontrada posteriormente em uma oficina mecânica localizada no Aeroporto de Paranavaí.
SENTENÇAS - Segundo o Ministério Público, a última sentença sobre o caso foi proferida no último dia 3 de julho nos autos da ação penal nº 5001736-73.2016.404.7011, e ainda há outras pendentes de julgamento.
Na série de denúncias apresentadas, o MP pediu a condenação dos réus, solidariamente, à reparação mínima dos danos, indicando a quantia de R$ 57.792.000,00. Entre os denunciados estavam agentes da Polícia Federal e da Polícia Civil de São Paulo.
Os grupos agiam no Paraguai e nos estados do Paraná, São Paulo e Minas Gerais. Durante as investigações foi constatado que as organizações, quase que diariamente, conduziam aeronaves de Salto Del Guairá, no Paraguai, até pistas clandestinas no interior de São Paulo.
Além da sentença proferida no mês de julho, as demais sentenças foram proferidas nos processos: 5002068-40.2016.404.7011; 5001694-24.2016.404.7011; 5001737-58.2016.404.7011; 5001735-88.2016.404.7011; 5001740-13.2016.404.7011 e 5002306-59.2016.404.7011.
COMO FUNCIONAVA - Os responsáveis pelos fretes aéreos eram contratados por agenciadores baseados em Foz do Iguaçu, no Paraná, e em cidades do Paraguai. Parte da comercialização dessas mercadorias acontecia em empresas dos próprios líderes das organizações criminosas, estabelecidas em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo e também na capital paulista.
As mercadorias eram encaminhadas para entrepostos de armazenamento, de onde eram transportadas por caminhões até os destinatários finais. Os processos que tramitam na Justiça Federal narram a realização de 585 voos clandestinos, e também a prática dos crimes de organização criminosa internacional e de favorecimento real.

Paranavaí

OPORTUNIDADE

Prefeitura de Paranavaí tem 21 vagas de estágio

EM AGOSTO

Noroeste do Paraná terá nove representantes em Conferência Estadual de Segurança Alimentar

EMPREGO

Semana começa com 61 vagas na Agência do Trabalhador

TEMPO E TEMPERATURA

Semana de muitas nuvens em Paranavaí

FESTIVAL DE CINEMA

“Amor à segunda vista” tem exibição gratuita em Paranavaí

NOROESTE DO PARANÁ

Situação da gripe revela importância de adotar medidas preventivas

MOBILIZAÇÃO

Concurso de Desenho sobre enfrentamento das violências recebeu 51 inscrições

EDUCAÇÃO

Estão abertas as inscrições para o Vestibular Unespar

SESC DE PARANAVAÍ

Festival de cinema francês segue com programação durante toda a semana

EDUCAÇÃO

Instituto Federal conquista primeiro lugar do ENEM em Paranavaí

AGÊNCIA DO TRABALHADOR

Paranavaí abrirá a semana com 77 vagas de emprego

OPORTUNIDADE

MasterHair traz especialistas em beleza a Paranavaí

FIQUE ATENTO

Prazo de inscrição de projetos para o Edital de Apoio à Cultura termina na segunda

CULTURA

Hoje tem Rock na Praça Paranavaí

PARANAVAÍ

Temperaturas de até 30 graus e céu com muitas nuvens no fim de semana

PARANAVAÍ

Termina hoje o bazar beneficente em prol da Apae

PARANAVAÍ

LIRA aponta índice de 1,6 e médio risco de infestação do mosquito da dengue

EXPOPARANAVAÍ

Evento terá aplicativo a partir da próxima edição

INVERNO/ALERTA

Uso de equipamentos a gás exige cuidados especiais

PARANAVAÍ

Inscrições para o Casamento Civil Coletivo vão até o dia 2 de agosto

diario do noroeste
agência dream