Paranavaí
Min. 24°C Max. 36°C
MATOU O PAI

Suspeito e adolescente chegam hoje a Paranavaí

03/12/19 00:00:00 - Paranavaí > Policial

Ricardo Paiva 
ricardo@diariodonoroeste.com.br

Uma equipe de Policiais Civis de Paranavaí se deslocou até a cidade de Curitiba na manhã de ontem (02), com objetivo de buscar o jovem de 21 anos, suspeito de matar o pai Manoel Ferreira da Rocha, de 73 anos. A previsão era de chegada na Cadeia Pública de Paranavaí durante a madrugada de hoje. A expectativa é de que o assassino indique o ponto exato onde enterrou o corpo do aposentado.  
Conselheiros tutelares de Paranavaí também foram acionados para acompanhar o caso, já que uma adolescente de 14 anos é apontada como cúmplice do assassino. 
De acordo com informações da Polícia Civil, a menor estaria disposta a apontar o local onde o corpo está enterrado, contrariando os interesses do suspeito.   
A suspeita é que o corpo tenha sido enterrado em um canavial entre as cidades de Paranavaí e Nova Aliança do Ivaí. O assassino confesso disse em seu depoimento ter matado o pai a golpes de martelo na noite do dia 23 (um sábado), após discussão. 
Ele teria esquartejado o pai para transportar o corpo até o local onde foi enterrado. Vizinhos relataram terem ouvido barulho de serra durante aquela madrugada, vindo da residência de Manoel. 
Leonardo já possuía passagem pela Polícia por incêndio, furto qualificado, corrupção de menores, uso de drogas e ameaça, e estava em liberdade vigiada, com o uso da tornozeleira eletrônica. O assassino, após a conclusão do inquérito deve ir a jure popular. Caso condenado, a pena pode chegar a 30 anos de prisão. Ele irá responder pelos crimes de homicídio qualificado, ocultação e vilipêndio de cadáver.     

agência dream