Paranavaí
Min. 21°C Max. 32°C
EM INVESTIGAÇÃO

Tiros no carro de ex-secretário podem ter sido durante tentativa de furto

Delegado lembra que até o momento não há vínculo com motivação política, como chegou a ser cogitado pelo ex-secretário, na época em campanha para candidatos a deputado federal e estadual

10/10/18 00:00:00 - Paranavaí > Policial

Embora ainda sem conclusão, o inquérito que apura a autoria de quatro tiros disparados contra o carro do ex-secretário de Saúde e ex-vereador de Paranavaí, Agamenon Arruda de Souza, aponta para tentativa de furto. A informação é do delegado-chefe da 8ª Subdivisão Policial de Paranavaí, Luiz Carlos Mânica.
O delegado disse ao Diário do Noroeste que até o momento houve denúncias indicando que foragidos da Justiça e um adolescente teriam ido furtar o carro, estacionado na garagem da casa de Arruda de Souza.
O problema é que o referido adolescente estaria jurado de morte por ser considerado “cagueta” no mundo do crime. Nesta versão, ao descobrir que estava em risco, ele teria corrido para fugir da possível execução. Então, teria havido os disparos, acertando o veículo, um Renault Fluence. Foram quatro tiros no lado direito do carro.
Por conta desse rumo nas investigações, Mânica lembra que até o momento não há vínculo com motivação política, como chegou a ser cogitado pelo ex-secretário, na época em campanha para candidatos a deputado federal e estadual.
Agamenon Arruda de Souza  mora numa chácara situada no perímetro urbano, ao lado da Associação São Lucas. Os disparos foram feitos durante a madrugada de 14 de setembro. Na ocasião, ele explicou que ouviu os disparos por volta das 2h30 e permaneceu no quarto, com o televisor ligado.
Ouviu quatro estampidos e concluiu tratar-se de disparos de arma de fogo. Imaginou que teriam sido perto da sua casa e que poderia haver mobilização de Polícia e de resgate na sequência.
No entanto, não houve nenhuma movimentação. No dia seguinte se dirigiu ao trabalho normalmente, quando foi advertido por um funcionário que havia marcas de tiros no seu carro.
Por serem tiros do lado oposto ao do motorista, não percebeu quando saiu de casa. Pela posição das perfurações, o atirador estava na garagem. No momento da denúncia as equipes policiais foram até a casa da vítima, recolhendo duas cápsulas dos projéteis disparados. Trata-se de arma calibre 38.

diario do noroeste
diario do noroeste
diario do noroeste
agência dream