Paranavaí
Min. 21°C Max. 33°C
REPERCUSSÃO

Secretária de Saúde de Paranavaí fala sobre rede de atenção primária

23/02/18 00:00:00 - Paranavaí > Saúde
Secretária de Saúde de Paranavaí fala sobre rede de atenção primária Andréia Vilar disse que serviços da atenção primária estão sendo fortalecidos - Foto: Fabiano Vaz Fracarolli

A secretária municipal de Saúde de Paranavaí, Andréia Vilar, esteve ontem no Diário do Noroeste para falar sobre a situação da atenção básica na rede pública de atendimento. A avaliação que fez é de que ainda há muito para avançar, mas os resultados positivos são cada vez mais evidentes.
“Estamos fortalecendo a atenção básica com atendimentos clínicos, para que a Estratégia Saúde da Família exerça sua real função, que é a prevenção”, disse. Segundo ela, as 24 equipes que atuam em Paranavaí promovem reuniões e oferecem orientações para os pacientes.
O trabalho nesse sentido ainda não alcançou a eficiência desejada, já que parte dos moradores não participa das ações preventivas e não toma os devidos cuidados. Mesmo assim, alguns programas têm grande adesão, como o de combate ao tabagismo, que apresenta alto índice de resultados positivos.
Andréia Vilar afirmou que todos os postos de saúde oferecem serviços voltados para a atenção básica aos pacientes. Isso garante, entre outras conquistas, a redução no número de internamentos no Pronto Atendimento Municipal. É que alguns casos já são resolvidos na Unidade Básica de Saúde (UBS).
FUTURO – A secretária de Saúde disse que um dos objetivos para aprimorar ainda mais o sistema municipal é criar a Central de Agendamentos: repartição exclusiva para receber os pacientes e agendar consultas e exames.
Um dos reflexos seria percebido nas UBSs, onde são feitos os agendamentos atualmente, já que os servidores que atuam na recepção dos moradores poderiam se dedicar totalmente aos casos que exigem cuidados da equipe de enfermagem ou dos médicos. “Será uma maneira de melhorar a metodologia de atendimento”, enfatizou Andréia Vilar.
REUNIÃO – A questão da atenção primária foi parte da conversa durante reunião realizada no início da semana, na Câmara de Vereadores de Paranavaí. Representantes de diferentes setores da saúde conversaram para tentar identificar os principais problemas e buscar soluções.
O encontro solicitado pela Comissão Permanente de Saúde foi noticiado pelo Diário do Noroeste na edição do dia 21 de fevereiro. Ontem, o DN repercutiu a discussão com declarações do chefe da 14ª Regional de Saúde, Nivaldo Mazzin, e o vice-presidente do Conselho Municipal de Saúde de Paranavaí, Arnoldo Luiz Victor.
SANTA CASA – Os leitos disponibilizados pela Santa Casa para pacientes do SUS são distribuídos entre os 28 municípios da região. Muitas vezes, segundo a secretária de Saúde de Paranavaí, pessoas são enviadas sem que haja necessidade de internamento. Assim, as vagas que seriam destinadas aos casos mais graves são indevidamente preenchidas. A situação vem sendo resolvida pouco a pouco, garantiu.

diario do noroeste
agência dream