Paranavaí
Min. 16°C Max. 30°C
ALTO PARANÁ

Município irá decretar moratória para análise das contas

02/08/19 00:00:00 - Região > Alto Paraná
Município irá decretar moratória para análise das contas Prefeito Miro: agora é acelerar o tirar o atraso do últimos meses

Ricardo Paiva 
ricardo@diariodonoroeste.com.br

O prefeito de Alto Paraná, Altamiro Pereira Santana dos Santos (Miro), que reassumiu a prefeitura na manhã de ontem (01), afirmou que um dos seus primeiros atos será a publicação do decreto de moratória, até que as contas dos últimos meses sejam avaliadas. “Vamos prosseguir com o trabalho e analisar todas as contas dos últimos cinco meses”, disse o gestor. 
A posse não aconteceu como o anunciado na Câmara Municipal. Por determinação judicial, a posse foi automática. No despacho a Juíza da Comarca de Alto Paraná, Rita Lucimeire Machado Pires, relatou ser desnecessária nova posse pela Câmara Municipal, devendo o gestor afastado voltar imediatamente ao cargo.    
Miro, que votou a prefeitura após liminar expedida pelo Tribunal de Justiça do Paraná, disse que irá intensificar os trabalhos e retomar os projetos que ficaram parados durante sua ausência. “Agora é acelerar para tirar o atraso, temos o projeto a UBS mista aberta 24 horas, o projeto de um Pronto Atendimento, ente outros para executarmos”, disse.
O gestor municipal disse que o momento é de conciliação entre o Legislativo e Executivo municipal. “A Câmara e Prefeitura têm que trabalhar em conjunto para o desenvolvimento da nossa cidade”, disse Miro. Ele completou que haverá mudanças na equipe administrativa. “Vamos fazer algumas mudanças na equipe, algo normal em uma gestão”.   

HISTÓRIA - Altamiro foi afastado pela Câmara Municipal. Entre as irregularidades alegadas estão a contratação e o pagamento de salários de quatro professores de Educação Física, sem o concurso público.
A denúncia foi aceita pela Câmara em dezembro de 2018, ocasião em que foi aberta uma Comissão Parlamentar Processante. Os vereadores analisaram documentos e em janeiro ouviram testemunhas. O parecer da comissão foi pela culpa do prefeito.
E por 6 votos a 3, os vereadores cassaram o mandato de Miro, decisão modificada pelo Poder Judiciário. Claúdio Palito (PTB), que foi eleito vice-prefeito na coligação com Miro, assumiu a prefeitura de Alto Paraná até o fim da tarde da última quarta-feira (31).

agência dream