Paranavaí
Min. 18°C Max. 30°C
SEGURANÇA

PCPR prende médicos suspeitos de reaproveitar materiais cirúrgicos

12/12/19 00:01:29 - Região > Estadual
PCPR prende médicos suspeitos de reaproveitar materiais cirúrgicos Os alvos da ação são suspeitos de utilizar materiais cirúrgicos irregulares. Cateteres e outros equipamentos, que deveriam ser descartados após uso único, eram utilizados em até 15 cirurgias

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) prendeu seis médicos urologistas, uma instrumentadora cirúrgica e a secretária de um dos profissionais na manhã desta quarta-
-feira (11) durante a segunda fase da Operação “Autoclave”.
O grupo é suspeito de utilizar materiais cirúrgicos irregulares. Cateteres e outros equipamentos, que deveriam ser descartados após uso único, eram utilizados em até 15 cirurgias. Durante as buscas em endereços relacionados aos suspeitos, a PCPR apreendeu diversos materiais cirúrgicos descartáveis reaproveitados. Ao todo,
foram cumpridos 20 mandados judiciais, sendo oito de prisão temporária e 12 de busca e apreensão, de forma simultânea, no Interior do Paraná e no estado de Goiás. As cidades-alvo da ação no Paraná foram Campo Mourão, Ivaiporã e Francisco Beltrão. Em Goiás, o cumprimento das ordens judiciais ocorreu em Goiânia e Rio Verde.
O delegado Macorin ressaltou que a ação é um desdobramento da Operação Autoclave”,
deflagrada no mês de setembro deste ano, no Interior do Paraná.
Na ocasião, a PCPR desmantelou um grupo criminoso envolvido com a adulteração,
através de esterilização ilícita, de materiais descartáveis já utilizados por médicos em
cirurgias urológicas. “A operação resultou na apreensão de um vasto material reprocessado”, complementa.
Em continuidade às investigações, a PCPR constatou que esses equipamentos cirúrgicos
eram vendidos a médicos urologistas do Paraná e Goiás, com claro conhecimento de
sua procedência irregular. Os materiais reaproveitados eram utilizados em cirurgias de pacientes  particulares, resultando num lucro muito maior aos cirurgiões.
De acordo com Macorin, os materiais que possuem um custo de R$ 1,2 mil eram adquiridos pelos médicos por R$ 250 a R$ 300 e reutilizados muitas vezes. Ressalta-se que todos os equipamentos eram completamente descartáveis e nenhum órgão responsável pela área autoriza esterilização e reuso dos mesmos.
“Os materiais chegavam até os médicos por meio de funcionários de empresas que vendem esse tipo de equipamento para médicos e hospitais”, enfatizou Macorin. Os alvos da ação serão indiciados por associação criminosa, falsidade ideológica
de documento particular e adulteração de produto destinado a fins terapêuticos ou
medicinais. As oito pessoas presas na ação encontram-se à disposição da Justiça.

Região

PRODUÇÃO

Silos públicos do Porto de Paranaguá voltam a receber cargas

BALANÇO 2019

Obras e melhorias em rodovias estaduais somam R$ 600 milhões

BALANÇO

Conservação de rodovias estaduais recebeu R$ 336,4 milhões

ECONOMIA

Atividade econômica cresce 0,17% em outubro, diz BC

SAÚDE

Paraná registra recorde de doações de órgãos para transplante

NOROESTE DO PARANÁ

Em reunião com prefeitos, secretário da Saúde aponta estratégias de combate à dengue

PARANAVAÍ

Prefeito dá posse aos 28 integrantes do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência

NOROESTE DO PARANÁ

Regional de Saúde faz orientações sobre atendimento em casos suspeitos de coronavírus

PORTO RICO

Adapar registra foco de raiva e rebanho num raio de 12 km deve ser vacinado

AGRICULTURA

Associação dos Irrigantes do Noroeste do Paraná será criada nesta sexta-feira

SICOOB OURO BRANCO

Ano de 2019 foi marcado por três novas agências no Noroeste paranaense

INFRAESTRUTURA

Guairaçá terá investimento de R$ 20 milhões em asfalto e rede de esgoto

DENGUE

Administração Municipal pede apoio ao Ministério Público no combate à dengue

ALTO PARANÁ

Município anuncia conclusão da pavimentação asfáltica na Avenida Ivaí

SAÚDE

Municípios têm R$ 250 milhões a mais para zerar filas de cirurgias eletivas

SAÚDE

UPA de Paranavaí registra 390 casos suspeitos de dengue em dez dias

CÂMARA

Deputado consegue liberar R$ 100 mil para ações de saúde em Alto Paraná

EDUCAÇÃO

Matrículas para EJA iniciam em 6 de janeiro

OPERAÇÃO HÓRUS

Após emboscada, forças de segurança reforçam ação em Querência do Norte

ATUAÇÃO PARLAMENTAR

Deputado consegue liberar R$ 200 mil para ações de saúde em Paranavaí

agência dream