Paranavaí
Min. 16°C Max. 32°C
GUAIRAÇÁ

Suspeito de matar trabalhador rural nega crime e é liberado

02/09/17 00:00:00 - Região > Guairaçá

A Polícia Civil segue com as investigações para localizar o autor dos disparos que matou o trabalhador rural Maxuel Júnior de Lima Porto, 23 anos na madrugada da última terça-feira em Guairaçá.
Na manhã de ontem, um homem foi encaminhado para a Delegacia de Terra Rica, suspeito de matar o rapaz. Ele negou os fatos, apresentou álibi e foi liberado.
Os investigadores estão encontrando dificuldades para solucionar o crime. O assassinato aconteceu no período da madrugada e não tem testemunhas. Lima Porto saía para o trabalho quando foi morto.
As pessoas que estavam no ponto de ônibus, perto de onde o jovem foi executado, começaram ser ouvidas. Ninguém acrescentou informações significativas para as investigações.
A vítima era casada e não possuía ficha com antecedente criminal. O exame de necropsia realizado no Instituto Médico Legal (IML) de Paranavaí revelou que os disparos atingiram o pescoço, os braços e as costas da vítima.

Região

agência dream