As cidades de Paranavaí, Porto Rico e Loanda são onde os consumidores pagam mais caro pelo litro da gasolina. Nessas cdades o produto é vendido entre R$ 3,859" />
Paranavaí
Min. 17°C Max. 29°C
COMBUSTÍVEIS/PREÇO

Na região, Paranavaí, Porto Rico e Loanda têm a gasolina mais cara

30/10/15 00:00:00 - Região > Regional
Na região, Paranavaí, Porto Rico e Loanda têm a gasolina mais cara Preços dos combustíveis deve ter um novo acréscimo na próxima semana

As cidades de Paranavaí, Porto Rico e Loanda são onde os consumidores pagam mais caro pelo litro da gasolina. Nessas cdades o produto é vendido entre R$ 3,859 a R$ 3,759.
Já em Amaporã, o motorista irá encontrar o preço mais barato toda a região da Amunpar (Associação dos Municípios do Noroeste Paranaense) - o litro está sendo comercializado por R$ 3,49.
“O preço varia muito de uma cidade para outra, é importante o consumidor ficar atento e aproveitar para abastecer onde está mais em conta”, disse José Altair, representante de vendas.
Em Porto Rico são dois postos de combustíveis atendendo a população. Os preços praticados na cidade são iguais, onde o valor da gasolina estava sendo vendida a R$ 3,759 e do etanol a R$ 2,499.
Já em Loanda, apenas um posto tem o valor diferenciado dos demais, onde a gasolina sai por R$ 3,69 e o etanol a R$ 2,54 o litro.
Em Paranavaí de acordo com pesquisa do Procon, realizada há poucos dias, o valor da gasolina aditivada varia entre R$ 3,455 a R$ 3,859, e o etanol é encontrado entre R$ 2,29 a R$ 2,599.
Fora das cidades a reportagem encontrou combustíveis com preços mais em conta. Em um posto às margens da BR-376, entre as cidades de Guairaçá e Planaltina do Paraná, a gasolina estava sendo comercializada a R$ 3,37 o litro, o etanol a R$ 2,37, o diesel comum a R$ 2,69.
No mesmo posto a diferença entre o preço do etanol praticado nas cidades também é grande - são R$ 0,23 por litro, o que dá R$ 9,20 de economia para um tanque de 40 litros.
A reportagem também encontrou algumas irregularidades em alguns postos, em cidades onde não existe o Procon os preços dos combustíveis não estavam visíveis ao consumidor.
O Procon de Paranavaí orienta que em cidades onde não existe o órgão de defesa do consumidor, o Ministério Público deve ser acionado. “Se o consumidor se sentir lesado e não tiver o Procon em sua cidade, é aconselhável procurar o Ministério Publico”, disse Aline Campos, coordenadora do Procon em Paranavaí.

Região

NOROESTE DO PARANÁ

Inajá atinge números de epidemia de dengue, informa Secretaria de Saúde

SAÚDE

Campanha de vacinação contra o sarampo começa na segunda-feira

DENGUE

Mais dois municípios do Noroeste do Paraná em epidemia

IRETAMA

Celulares e até uma esmerilhadeira são apreendidos em carceragem

SAÚDE

Municípios do Noroeste contabilizam pelo menos 15 casos de dengue

POLÍCIA MILITAR

Casos de violência doméstica são registrados na região

BOMBEIROS

Operação Costa Noroeste contabiliza mais de 11 mil atendimentos

NOVO PRESIDENTE DA AMUNPAR

Freonízio Valente quer união para região Noroeste voltar a crescer

SAÚDE

Noroeste do Paraná está vulnerável à circulação do vírus da febre amarela

ELEIÇÕES 2018

Jair Bolsonaro ganhou nos municípios da Amunpar

GUAIRAÇÁ

Jovens invadem casa, dormem e são presos

NOROESTE

Duas Prefeituras da região com concurso aberto para contratação

PESCA

Primeiro dia de fiscalização da pesca termina com apreensões e multas

AÇÃO

Preso suspeito de integrar quadrilha que usava explosivos nos assaltos

GOVERNO/PR

Richa autoriza início de obras em duas rodovias do Noroeste

RANKING

Tião Medeiros é o político mais influente da região Noroeste nas redes sociais

BALANÇO

Mais de 3.400 procedimentos em saúde na Operação Verão

RIOS/NOROESTE

Pesca está liberada, mas com restrições

REGIÃO NOROESTE

Cléber da Silva assume cargo de prefeito de Inajá

QUERÊNCIA DO NORTE-ICARAÍMA

Presidente da Amunpar pede construção de ponte na PR-218

agência dream