Paranavaí
Min. 16°C Max. 24°C
CHEIA

Nível do Rio Paraná continua subindo

Gilberto Nogueira, comerciante do Porto São José: ninguém passou avisando a gente que o rio iria subir tão rápido assim, eu e minha esposa passamos a madrugada de ontem tirando mercadoria e utensílios da lanchonete

15/01/16 00:00:00 - Região > Regional
Nível do Rio Paraná continua subindo Gilberto Nogueira: não fomos avisados da enchente

Com a abertura das comportas da barragem de Primavera, no Rio Paranapanema, o nível do Rio Paraná na cidade de Porto Rico e no Distrito de São José subiu entre 5 e 6 metros durante a madrugada de ontem. Proprietários de lanchonetes e moradores ribeirinhos já começaram a remoção de mercadorias e móveis. “Minha lanchonete já foi invadida pela água, minha esposa já separou as roupas para caso a gente precise sair de casa às pressas”, disse o comerciante Gilberto Nogueira. 
A chuvarada das últimas semanas que vem castigando os estados do Paraná, Mato Grosso do Sul e São Paulo contribuíram para cheia do Rio Paraná, já que seus principais afluentes, entre eles o Rio Paranapanema, cortam esses estados. Só para ser ter uma ideia a hidrelétrica de Rosana, na divisa do Paraná com São Paulo, está com todas as suas comportas abertas, a exemplo da hidrelétrica de Itaipu, que já há algumas semanas vem mantendo as comportas abertas. “Creio que vai subir ainda mais o nível, a previsão é de mais chuvas para os próximos dias”, disse o prefeito de Porto Rico, Paulo Prates Nogueira. 
Em Porto Rico mais alguns poucos centímetros e a água alcança o asfalto da Avenida Beira Mar. Todas as rampas náuticas estão alagadas, e exigem atenção redobrada dos barqueiros. A orientação é de que somente deve entrar embarcações no rio só se for extremamente necessário. “Com a cheia descem junto muitos troncos e vegetação, além da correnteza ser mais forte, se o piloto não tiver experiência e não conhecer bem o rio é perigoso”, orientou um dos barqueiros que diariamente navega nas águas do Rio Paraná com turistas. 
Se o Rio Paraná nas margens do lado paranaense está causando transtornos, a informação é de que do lado sul mato-grossense não é diferente. Pecuaristas estão levando o gado para pastagens mais altas. As áreas mais baixas já foram tomadas pelas águas do Rio Paraná, formando quilômetros de áreas de banhado. A balsa que faz a travessia do Rio Paraná entre Porto São José a Bataiporã, no Mato Grosso do Sul, está temporariamente parada, até o nível da água voltar ao normal.  
Não há registro de desabrigados em ambas as cidades. As poucas famílias que ainda habitam as ilhas do Rio Paraná estão alojados em casas de parentes ou amigos. 

Região

NOROESTE DO PARANÁ

Inajá atinge números de epidemia de dengue, informa Secretaria de Saúde

SAÚDE

Campanha de vacinação contra o sarampo começa na segunda-feira

DENGUE

Mais dois municípios do Noroeste do Paraná em epidemia

IRETAMA

Celulares e até uma esmerilhadeira são apreendidos em carceragem

SAÚDE

Municípios do Noroeste contabilizam pelo menos 15 casos de dengue

POLÍCIA MILITAR

Casos de violência doméstica são registrados na região

BOMBEIROS

Operação Costa Noroeste contabiliza mais de 11 mil atendimentos

NOVO PRESIDENTE DA AMUNPAR

Freonízio Valente quer união para região Noroeste voltar a crescer

SAÚDE

Noroeste do Paraná está vulnerável à circulação do vírus da febre amarela

ELEIÇÕES 2018

Jair Bolsonaro ganhou nos municípios da Amunpar

GUAIRAÇÁ

Jovens invadem casa, dormem e são presos

NOROESTE

Duas Prefeituras da região com concurso aberto para contratação

PESCA

Primeiro dia de fiscalização da pesca termina com apreensões e multas

AÇÃO

Preso suspeito de integrar quadrilha que usava explosivos nos assaltos

GOVERNO/PR

Richa autoriza início de obras em duas rodovias do Noroeste

RANKING

Tião Medeiros é o político mais influente da região Noroeste nas redes sociais

BALANÇO

Mais de 3.400 procedimentos em saúde na Operação Verão

RIOS/NOROESTE

Pesca está liberada, mas com restrições

REGIÃO NOROESTE

Cléber da Silva assume cargo de prefeito de Inajá

QUERÊNCIA DO NORTE-ICARAÍMA

Presidente da Amunpar pede construção de ponte na PR-218

agência dream