A iniciativa partiu da mesa diretora e apoiada por todos os vereadores, que fizeram a entrega simbólica ao prefeito Sérgio José Ferreira. 
Paranavaí
Min. 22°C Max. 35°C
ECONOMIA

Câmara de Santa Mônica devolveu R$ 109 mil à Prefeitura

16/01/16 00:00:00 - Região > Santa Mônica
Câmara de Santa Mônica devolveu R$ 109 mil à Prefeitura Prefeito Sérgio recebendo dos vereadores o cheque simbólico no valor de R$ 109.184,77

A iniciativa partiu da mesa diretora e apoiada por todos os vereadores, que fizeram a entrega simbólica ao prefeito Sérgio José Ferreira. 
A Prefeitura de Santa Mônica recebeu o repasse de R$ 109.184,77 oriundos da economia realizada pela Câmara Municipal durante o exercício de 2015. O recurso foi devolvido aos cofres do executivo para investimentos em áreas diversas. A iniciativa partiu da mesa diretora e apoiada por todos os vereadores que fizeram a entrega simbólica ao prefeito Sérgio José Ferreira. 
Para a obtenção da economia, durante os 12 meses deste mandato, houve o comprometimento de cada vereador com a redução de gastos, desde o material nos gabinetes, energia, reformas, utilização de diárias e recursos para viagens, entre outros cortes. 
Mesmo com demandas existentes na Câmara Municipal, que prevê sua reforma, bem como a aquisição de equipamentos e mobiliários, em consenso os legisladores optaram pela devolução da receita para ser aplicada em ações que beneficiem a população.
O presidente da Câmara, Irani Francisco da Silva, se pronunciou em nome dos nove vereadores. “O Poder Legislativo, no ano de 2015, alcançou ações que ensejaram uma economia de R$ 109.184,77. Para chegarmos nesse momento especial cada um dos vereadores fez a sua parte, e avaliou que no momento a cidade é quem precisa mais do dinheiro. Todos contribuíram na economia que resultou na devolução em benefício da população. O atual modelo de gestão administrativa da Câmara Municipal, leva em conta a transparência e a utilização correta dos recursos públicos”, disse o gestor que avalia ainda que a devolução dos recursos é resultado de um trabalho adotado no início de 2013 e seguido pela atual gestão em conjunto com a mesa diretora e demais vereadores. “Sabemos que houve uma queda na arrecadação do município e a Câmara Municipal sente-se honrada em poder contribuir com este recurso”, finalizou. (RP)

agência dream