Paranavaí
Min. 21°C Max. 28°C
IBGE/PESQUISA

Quase 30% dos brasileiros têm gasto excessivo com aluguel

Mãe não sabia de idolatria de Danilo em Chapecó

  • Inter nega “virada de mesa” e diz que aceita com “dignidade” o que acontecer em campo
  • Hoje tem repescagem do Sênior Livre no Campestre
  • Copa Paraíso de Futsal tem três jogos hoje
  • Suíço da Santa Casa teve goleada por 7 a 1
  • Semifinal do Máster Prata acontece neste domingo no Campestre
  • ABC
  • América-MG
  • América-RN
  • Asa
  • Atlético-GO
  • Atlético-MG
  • Atlético-PR
  • Avaí
  • Bahia
  • Boa Esporte
  • Botafogo
  • Bragantino
  • Ceará
  • Chapecoense
  • Corinthians
  • Coritiba
  • Criciúma
  • Cruzeiro
  • Figueirense
  • Flamengo
  • Fluminense
  • Goiás
  • Grêmio
  • Guaratinguetá
  • Icasa
  • Internacional
  • Joinville
  • Náutico
  • Oeste
  • Palmeiras
  • Paraná
  • Paysandu
  • Ponte Preta
  • Portuguesa
  • Santa Cruz - PE
  • Santos
  • São Caetano
  • São Paulo FC
  • Sport
  • Vasco
  • Vitória-BA
diario do noroeste
diario do noroeste

Colunistas

Tânia Mara
Dinei Feitosa
Saul Bogoni

Articulistas

André Maciel
EDENI MENDES
Fabiano Brum
Josué Ghizoni
Marcelo Rios
Márcia Spada
 - Sábado | Edição 17.562
Diário Digital Sábado | Edição 17.562 03/12/2016 Baixar
diario do noroeste
Paraná estuda criação de uma política Pública para florestas plantadas
POTENCIAL DE EXPANSÃO

Paraná estuda criação de uma política Pública para florestas plantadas

O projeto vai detalhar as principais diretrizes para a elaboração de um Plano Estadual de Conservação e Produção Florestal

Atividade econômica cresce 0,15% em setembro e cai 0,78% no 3º trimestre
ECONOMIA

Atividade econômica cresce 0,15% em setembro e cai 0,78% no 3º trimestre

Depois de dois meses seguidos de queda, a atividade econômica registrou crescimento em setembro de 0,15%, na comparação com agosto. É o que mostra o Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) ajustado para o período, divulgado ontem (17). Em agosto, o índice caiu 1,01% e, em julho, 0,18%.Nos três meses, houve queda de 0,78%, na comparação com o segundo trimestre deste ano. Em relação ao terceiro trimestre de 2015, a retração chegou a 3,84%, segundo os dados sem ajustes, já que a comparação é feita entre períodos iguais.No ano, o IBC-Br registra queda de 4,83% e, em 12 meses encerrados em setembro, retração de 5,23%.O IBC-Br é uma forma de avaliar a evolução da atividade econômica brasileira e ajuda o Banco Central a tomar suas decisões sobre a taxa básica de juros, a Selic.O índice incorpora informações sobre o nível de atividade dos três setores da economia: indústria, comércio e serviços e agropecuária, além do volume de impostos. Mas o indicador oficial sobre o desempenho da economia é o Produto Interno Bruto (PIB – a soma de todas as riquezas produzidas pelo país), calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

diario do noroeste
diario do noroeste

Tabela

Brasileirão Série A 2016
  • 1ª Rodada
Sábado, 14/05/2016
1 X 0
16:00 Raulino de Oliveira
4 X 0
16:00 Arena Palmeiras
1 X 0
18:30 Independência
1 X 0
21:00 Couto Pereira
Domingo, 15/05/2016
0 X 1
11:00 Raulino de Oliveira
4 X 1
11:00 Arruda
0 X 1
16:00 Independência
0 X 0
16:00 Arena Corinthians
0 X 0
16:00 Orlando Scarpelli
0 X 0
18:30 Beira Rio
Tabela completa
diario do noroeste
Assembleia abre suas portas para prefeitos
ENCONTRO

Assembleia abre suas portas para prefeitos

FOZ DO IGUAÇU - A meta da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) de se tornar cada vez mais próxima da população atingiu mais um objetivo na quarta-feira, com a participação efetiva do Legislativo no Encontro de Prefeitas e Prefeitos Eleitos, que termina nesta sexta-feira, em Foz do Iguaçu. A Alep tem dois amplos espaços no evento, onde estarão em funcionamento os gabinetes da Presidência e da 1ª Secretaria, comandados pelos deputados Ademar Traiano (PSDB) e Plauto Miró (DEM), respectivamente.Na abertura do evento, o presidente Traiano destacou o objetivo de estreitar a relação com os municípios. "Somos o elo de ligação entre a administração municipal e o Governo do Estado. Esse é o papel do parlamentar, e a Assembleia como uma Casa democrática não poderia deixar de estar presente em um evento dessa magnitude. A Assembleia é um componente importante e estamos propiciando aos prefeitos se integrarem de tudo o que acontece no Legislativo".Para o 1º secretário, a participação de todos, prefeitos, Governo do Estado, Assembleia e deputados estaduais incentiva boas ações para o Paraná. "O Legislativo está participando desta ampla reunião para que os prefeitos e gestores públicos possam ter contato com os setores do Estado, e também onde o governador vai colocar as ações do Governo para 2017", relatou Plauto.A Assembleia Legislativa do Paraná terá um espaço exclusivo no evento para receber prefeitas, prefeitos, vice-prefeitos e suas equipes de administração. Além de manter contato direto com os deputados, os futuros administradores receberão todas as informações sobre os projetos do Legislativo. A grande novidade será o novo programa na TV Assembleia, exclusivamente para prefeitas e prefeitos. Na atração “Fala Prefeito”, os gestores municipais terão um espaço próprio para apresentar as ações desenvolvidas no município, os potenciais de cada região e falar diretamente com a população.Nesses espaços, além dos gestores poderem se reunir com os deputados que comandam a Assembleia, eles conhecerão iniciativas como o Guia do Cidadão, uma cartilha elaborada pela Alep em parceria com o Governo do Estado e com o Ministério Público estadual para incentivar a formação cidadã de crianças e adolescentes, e o projeto “Assembleia no Enem”, que disponibiliza pela TV Assembleia e pela internet aulas gratuitas de preparação para o Enem, além da Escola do Legislativo, que para 2017 planeja uma ampla programação de cursos, palestras e capacitações para qualificar os servidores municipais.

CONGRESSO

Associações de juízes vão ao STF pedir atitude contra "ofensiva parlamentar"

SÃO PAULO (Folhapress) - Um dia após a presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministra Cármen Lúcia, receber senadores da Comissão Extrateto em seu gabinete, as principais associações que representam os magistrados brasileiros foram à Corte para denunciar o que chamaram de uma ofensiva de parlamentares para “reprimir o sistema de Justiça”. As informações são da Agência Brasil.Os presidentes da Ajufe (Associação dos Juízes Federais do Brasil), Roberto Carvalho Veloso, da AMB (Associação dos Magistrados Brasileiros), João Ricardo Costa, e da Anamatra (Associação Nacional da Justiça do Trabalho), Germano Silveira da Siqueira, se reuniram com Cármen Lúcia no início da tarde de quinta (17) para pedir que a presidente do STF  “nos ajude a nos posicionar em relação a esse momento grave que nós vivemos no Parlamento”, disse Costa.“Já não é uma desconfiança, é uma certeza de que alguns parlamentares infelizmente estão tentando reprimir o sistema de Justiça que hoje está fazendo as investigações mais importantes do país”, afirmou o magistrado ao sair do encontro.Entre as iniciativas que foram debatidas, está o projeto de lei sobre abuso de autoridade, que tramita no Senado, e a previsão de que juízes possam ser imputados por crimes de responsabilidade em situações como abuso de poder ou falta de decoro. A proposta, que constou no projeto de lei sobre medidas anticorrupção a ser votado em breve na Câmara, foi retirada do texto pelo relator Onyx Lorenzoni  (DEM-RS). Entretanto, na quarta (16) o presidente da comissão especial que analisa a matéria disse que a medida poderia voltar ao projeto por pressão dos deputados. “O Congresso deveria estar preocupado hoje em criar mecanismos adequados para nós combatermos a corrupção, e não mecanismos para punir os juízes que estão fazendo justamente o julgamento desses casos, isso é o que nós estranhamos, e que nós estamos denunciando e que não vamos aceitar de maneira nenhuma”, disse Roberto Carvalho Veloso.Nesta semana, o presidente do Senado Renan Calheiros, voltou a criticar associações de juízes que, segundo ele, estão se manifestando “corporativamente” contra o projeto de lei que trata do abuso de autoridade.

BENEFÍCIO

Segunda parcela do 13º de aposentados começa a ser depositada

BRASÍLIA (ABR) - A segunda parte do 13º salário dos aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Serviço Social (INSS) começou a ser depositada ontem junto à folha dos benefícios do mês de novembro, segundo o Ministério da Previdência Social.Os primeiros a receber serão os segurados que ganham até um salário-mínimo. Os que recebem acima do salário-mínimo terão seus benefícios creditados a partir do dia 1º de dezembro. O calendário segue até o dia 7 de dezembro.A primeira parcela do 13º salário dos beneficiários do INSS foi creditada na folha de agosto. O valor gasto para o pagamento da primeira parcela foi de R$ 18,2 bilhões. A despesa com o pagamento da segunda parcela do abono anual é de R$ 18,4 bilhões, segundo o ministério.A segunda parte do 13º salário vem acompanhada do desconto do Imposto de Renda, para os benefícios que se encontram na faixa de valor em que o imposto incide.De acordo com a lei, tem direito ao 13º salário do INSS quem, durante o ano, recebeu benefício previdenciário, como aposentadoria, pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente, auxílio-reclusão ou salário-maternidade. No caso de auxílio-doença e salário-maternidade, o valor do abono anual será proporcional ao período recebido.Aqueles que recebem benefícios assistenciais (Benefício de Prestação Continuada da Lei Orgânica da Assistência Social – BPC/LOAS e Renda Mensal Vitalícia – RMV) não têm direito ao abono anual.

diario do noroeste
agência dream