Paranavaí
Min. 21°C Max. 33°C

Articulistas

André Maciel
André Maciel
LITERATURA

CAROS LEITORES, ESTA É PARA VOCÊS

30/08/16 - Articulista > André Maciel

Há alguns dias atrás me peguei recordando de fatos acontecidos em minha vida, mas um em especial tomou-me as lembranças a ponto de causar-me um estranhamento saboroso, algo que jamais havia experimentado anteriormente: a arte de poetizar. Já havia comentado entre amigos, ou em bate papos descompromissados que escrever era para mim, como diz Bethânia, um ofício, assim o levaria por toda a vida. 
Entretanto este ofício teve seu início há dois anos quando inesperadamente, levado por uma súbita paixão por tudo que me cercava naquele instante e por uma arrebatadora inspiração, meus dedos buscaram as teclas do computador a minha frente e sem que percebesse começaram a surgir palavras, frases, orações concatenadas ou não, sem sentido algum para mim naquele instante, mas que foram aos poucos tomando forma, buscando um sentido, encontrando-se na razão de tudo que havia anos guardado dentro de mim, sem jamais ter dado “a cara pra bater”, apenas sendo sucumbida pelo sufocamento covarde, do medo de não ter aceitação naquilo que sinceramente queria expressar. 
Quando os primeiros versos começaram a tomar forma, e em seguida se aproximavam outros textos, percebi que não era algo passageiro, que esta fonte inesgotável de palavras e prazer - sim, porque há prazer em escrever quando se faz com amor - não secaria tão facilmente. Então a inspiração surgia nas mais distintas situações, tais como num bate papo informal, numa risada espontânea de algo que talvez para outros não tivesse tanto motivo para isto ou até mesmo em imagens que me recordava e observava com mais atenção. 
Vieram paixões antigas, vieram lembranças de minha infância, de momentos bons e até de decepções. Vieram lembranças de saudades, de desejos reprimidos, de ideias propostas e não concluídas, mas, o que mais me levou a escrever foram meus sonhos acalentados, reservados para serem apresentados ao desejo de realização no momento certo. 
Os títulos começaram a surgir, as propostas, os convites, a observação a tudo aquilo que já se despontava. Críticas construtivas ou não, dúvidas de que eram de fato meus os textos, admirações e louvores. Cada texto tomando sua forma, em versos, prosa, em romance ou em narrativas. Então a vida foi tomando outro rumo, o destino direcionando cada situação para sua concretização, e meus sonhos começaram a tomar forma. Surgem então os convites para publicações, para participações em Academias, e finalmente o sonho começa a despontar, como um filho que está no momento de nascer, de vir à luz, de dar o ar de sua graça - meus sonhos foram se concretizando. 
Hoje, percebo que cada sonho que busquei e planejei sua concretização tem se realizado. Assim como outros que virão, pois, certamente os estou buscando. Neste momento, basta apenas louvar àqueles que tanto nos presenteiam com sua presença, e que faz de nossas escritas a realização. Muito obrigado, leitores, esta semana, a coluna é de vocês. 
"Ah, se os leitores soubessem o quanto o louvor manifestado por eles nos enchem os pulmões, extraindo-nos de nossos solilóquios poéticos, sem nos extenuar o desejo de sempre expandir nossos horizontes a cada verso escrito, o fariam com mais frequência. Muito obrigado queridos leitores, se mantenham sempre assim, fixados em nossas criações porque elas surgem de cada leitura que vocês efetuam. Afinal, o texto é morto até que ocorra sua leitura". (A.M.O. - 21/10/2015)
Agora cabe a cada um de vocês expandir ainda mais nossos horizontes de inspiração, lendo, comentando e levando nossos textos por onde quer que possam ir. Que o vosso comentário crítico faça-nos melhorar a cada escrita, buscando não apenas nossas realizações, mas também a vossa. Inspirem-se e busquem realizar suas propostas guardadas. Os sonhos são para serem sonhados, não para se guardarem dos olhos que necessitam ver.

Colaboracão de André Maciel de Oliveira 
e-mail: profandre_literatura@hotmail.com

Mais

André Maciel 10/07/17

O OLHAR EXCÊNTRICO

André Maciel 08/03/17

"QUANDO NASCI DE UMA MULHER INDAGUEI!"

André Maciel 22/02/17

Começar, recomeçar, dar o pontapé inicial

André Maciel 15/12/16

QUE SAUDADE QUE EU SINTO!

André Maciel 26/08/16

LER OU NÃO LER EIS A QUESTÃO. QUE DÚVIDA CRUEL

ver todas

Colunistas

Tânia Mara
Artigos
Dinei Feitosa
Sinopse Geral

Articulistas

André Maciel
EDENI MENDES
Fabiano Brum
Josué Ghizoni
Marcelo Rios
Márcia Spada

Programe-se

agência dream